Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "Vitória da Conquista"

16 de junho de 2016, 10:17

Barra do Choça: prefeito e deputado conseguem pavimentação asfáltica de todas as ruas do bairro Ouro Verde

IMG-20160616-WA0001

O prefeito de Barra do Choça, Oberdan Rocha, e o deputado estadual Eduardo Salles participaram de audiência com o governador Rui Costa, na manhã da última terça-feira (14), e o chefe do executivo baiano solicitou aos secretários estaduais, Marcus Cavalcanti, da SEINFRA (Secretaria Estadual de Infraestrutura), e Jerônimo Rodrigues, da SDR (Secretaria Estadual de Desenvolvimento Rural), que atendessem algumas demandas importantes do município de Barra do Choça.

No final da terça-feira, Eduardo Salles, Oberdan Rocha e o secretário de Agricultura de Barra do Choça, Eric Fabiano, participaram de audiência Marcus Cavalcanti, onde ficou garantida a liberação da emulsão asfáltica e de um equipamento espalhador de asfalto para, em parceria com a Prefeitura, que fornecerá o restante dos materiais e os trabalhadores, para asfaltar todas as ruas do bairro Ouro Verde.

A primeira etapa do serviço pavimentou 1,5km de ruas do bairro e foi efetivada após intervenção do deputado e o prefeito. “Estivemos aqui em fevereiro para agradecer ao secretário o início das obras e solicitar a conclusão do trabalho nas outras ruas de Ouro Verde. Agora o governador autorizando essa parceria para a conclusão, sem dúvida, é uma grande vitória para mim como deputado representante do povo de Barra do Choça”, disse Eduardo Salles.

Por meio de uma parceria entre o governo do estado e a Prefeitura de Barra do Choça, o secretário estadual de Infraestrutura garantiu finalizar a pavimentação. “Vamos fazer uma vistoria para ajustar a quantidade de emulsão asfáltica necessária e o maquinário para iniciar obras de pavimentação asfáltica nas ruas de Ouro Verde”, afirmou Marcus Cavalcanti.

Segundo o prefeito de Barra do Choça, com a parceria, a Prefeitura entrará com execução da terraplenagem e a aplicação da malha asfáltica. “Com a ajuda do deputado, pude levar essa obra, que é uma necessidade do município. Vamos dar todo o suporte para concluir e entregar a via aos moradores”, esclareceu Oberdan.

AGRADECIMENTO

Eduardo Salles e o prefeito de Barra do Choça aproveitaram a reunião com o secretário de Infraestrutura para agradecer pela recuperação da BA-265, estrada responsável pela ligação entre Barra do Choça e o entroncamento de Vitória da Conquista. “Solicitamos esse tapa-buracos porque a situação da rodovia estava causando risco de vida à população que transitava” disse o deputado.

15 de abril de 2016, 12:53

Urbanização, operação tapa-buraco da BA-265 e água à zona rural são solicitadas por Eduardo Salles e Oberdan

IMG-20160415-WA0003

Em Salvador nesta quinta-feira (14), o prefeito Oberdan Rocha foi, ao lado do deputado estadual Eduardo Salles, participar de audiências para reforçar a solicitação do asfaltamento do bairro Ouro Verde, operação tapa-buraco na BA-265, instalação do poço artesiano na região do Capão Verde e extensão de rede do sistema de abastecimento de água na região do Estácio.

Na SEINFRA (Secretaria Estadual de Infraestrutura), Eduardo Salles e Oberdan Rocha foram recebidos por Saulo Pontes, diretor de Infraestrutura. Em relação à urbanização do bairro Ouro Verde, o deputado e o prefeito solicitaram agilidade na retomada dos trabalhos. Eles foram informados que uma nova licitação de massa asfáltica será realizada em maio.

Oberdan e Salles também reforçaram com Saulo Pontes o pedido feito pelo parlamentar no início da semana ao secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, para realizar a operação tapa-buracos na BA-265, que liga Barra do Choça a Vitória da Conquista.

No final da tarde o encontro foi na CERB (Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia). Por telefone, Eduardo Salles falou com o diretor-presidente, Marcus Bulhões, que garantiu viabilizar recursos para instalar o poço artesiano na região do Capão Verde.

“O local possui 180 casas e o processo agora está no setor de análise de água”, revelou Eduardo Salles. “A localidade tinha acesso à água por meio de uma barragem, mas o local secou”, disse Oberdan Rocha. O poço artesiano tem vazão de 50 mil litros de água por hora. “

REGIÃO DO ESTÁCIO

No local residem 15 famílias que moram às margens da estrada em que passa o sistema de abastecimento de água de São Sebastião. Para solicitar extensão de rede à região do Estácio, Eduardo Salles participou de audiência com o secretário estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, que garantiu o material necessário para realizar o serviço, que vai ser feito em parceria com a Prefeitura de Barra do Choça.

05 de abril de 2016, 16:39

Audiência pública debate possibilidade de instalação de novos cursos da UESB em Itapetinga e Vitória da Conquista

DSCN0898

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia realizou nesta terça-feira (5) audiência pública para debater a possibilidade de implantação pela UESB (Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia) dos cursos de Medicina Veterinária, em Itapetinga, e Odontologia, em Vitória da Conquista.

O deputado Eduardo Salles, presidente da Comissão de Educação, reconhece o momento de dificuldade econômica do governo do estado, mas lembra que é importante iniciar o debate. “Neste momento há diminuição dos recursos. Mas acredito que colocarmos esse assunto em pauta agora permite que estejamos na frente quando o momento da economia for favorável”, explicou o parlamentar.

Herzem Gusmão, proponente da audiência pública, classificou a UESB como “maior patrimônio de Itapetinga”. Em relação ao curso de Odontologia em Vitória da Conquista, o parlamentar diz já existir gabinetes odontológicos na instituição.

Conforme Herzem, a solicitação do curso de Odontologia em Vitória da Conquista é um desejo antigo. “O ex-prefeito Gerson Salles enviou, em 1960, solicitação ao ex-governador Juraci Magalhães já com esse pleito”, revelou.

Michel Hage, lembrou que durante sua gestão conseguiu instalar campus da UESB no município graças à parceria com o governo do estado. “Foi na época do ex-governador Waldir Pires”, disse o ex-prefeito, acompanhado da filha, a ex-deputada Virgínia Hage.

Adriano Alcântara, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Itapetinga, citou que o município tem atualmente 960 mil cabeças de gado e possui uma das maiores densidades demográficas bovina (77 cabeças por quilômetro quadrado) do Brasil. “É apropriada e pertinente a criação do curso de Medicina Veterinária em Itapetinga”, declarou.

Vice-reitor da UESB, instituição que tem 1.150 docentes, 700 servidores, 10.000 alunos, 47 cursos de graduação, 26 cursos de mestrado e seis de doutorado, Fábio Félix esclareceu que são necessários ajustes no campus antes da aprovação dos cursos. “Ainda temos problema estruturais para resolver”, contou.

Eduardo Salles e Herzem Gusmão solicitaram ao vice-reitor a elaboração de um estudo que detalhe todos os custos para a instalação dos cursos. “Só poderemos agir efetivamente depois que soubermos o valor para o governo investir”, falou o presidente da Comissão de Educação.

Talamira Brito, pró-reitora da UESB, Márcia Lemos, presidente da ADUSB (Associação dos Docentes da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia) e “Tarugão”, vereador de Itapetinga.

24 de setembro de 2015, 20:01

Deputado faz entrega de sementes de Crotalária juncea, leguminosa que combate o mosquito da dengue de forma natural

Eduardo Salles e equipe Paso Ita

Eduardo Salles e equipe Paso Ita

Prefeitos e secretários de Agricultura de 17 municípios baianos receberam, nesta quinta-feira (24), sementes de Crotalária juncea, leguminosa cuja flor atrai a libélula, predadora do mosquito Aedes aegypti, que transmite dengue, zika e chikungunya. “A ideia é combater o mosquito de forma natural” explica o deputado Eduardo Salles.

A distribuição das sementes é fruto de uma parceria do parlamentar com a empresa Paso Ita Gramíneas e Leguminosas. “Nessa primeira etapa priorizei os municípios onde fui votado”, conta Salles. A cerimônia de entrega aconteceu no auditório da COOPMAC (Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense), em Vitória da Conquista.

Foram beneficiados os municípios de Xique-Xique, Barra do Choça, Ilhéus, Rio Real, Tapiramutá, Ibirataia, Maraú, Bonito, Curaçá, Ipiaú, Paratinga, Bom Jesus da Lapa, Ponto Novo, Itaetê, Lajedo do Tabocal, Planaltino e Caatiba. Cada um deles recebeu três sementes por habitante.

COMO FUNCIONA
A coloração amarela da flor da Crotalária juncea atrai a libélula, que, além de se alimentar do mosquito Aedes aegypti, coloca seus ovos na mesma água. “As larvas da libélula também comem as larvas do mosquito. Assim podemos prevenir as doenças transmitidas por ele e diminuir o número de casos”, diz o deputado.

TREINAMENTO
Os representantes dos 17 municípios receberam treinamento sobre o processo de transformação das sementes em mudas e aprenderam sobre os cuidados com a planta e manutenção da espécie nos canteiros, jardins e terrenos onde a Crotalária juncea for plantada.

“Ela floresce depois de 90 dias”, explica o coordenador técnico da Paso Ita, Eduardo Patrício, que instruiu os presentes. “É uma planta que se adapta facilmente a diferentes climas”, completa.

23 de setembro de 2015, 10:09

Municípios recebem sementes para combater mosquito da dengue de forma natural

eduardo salles crotalaria juncea

Prefeitos e secretários de Agricultura de 15 municípios baianos vão receber, na quinta-feira (24), sementes de Crotalária juncea, leguminosa cuja flor atrai a libélula, predadora natural do mosquito Aedes aegypti. A doação será feita pela empresa Paso Ita Gramíneas e Leguminosas, a pedido do deputado estadual Eduardo Salles.

“Minha ideia é combater a dengue, zika e chikungunya de forma natural. A libélula, além de predadora, coloca seus ovos na mesma água que o Aedes aegypti e suas larvas comem as do mosquito”, explica o deputado, que é engenheiro agrônomo e foi secretário de Agricultura da Bahia.

Cada município vai receber uma semente por habitante em cerimônia que será realizada no auditório da COOPMAC (Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense), às 16h30, com a presença de Jaimilton Gusmão, presidente da cooperativa. No evento, representantes das 13 secretarias de Agricultura serão treinados para transformar as sementes em mudas e acompanhar o crescimento das plantas.

Serão beneficiados os municípios de Xique-Xique, Barra do Choça, Itaetê, Curaçá, Bom de Jesus da Lapa, Bonito, Tapiramutá, Ilhéus, Ipiaú, Lajedo do Tabocal, Maraú, Planaltino, Paratinga, Ilhéus e Ponto Novo.

17 de setembro de 2015, 19:13

Pesquisa para cafeicultura é discutida na SECTI

jaimiltinho

O café produzido na Bahia se destaca pela sua qualidade. Com o objetivo de deixá-lo ainda melhor, o deputado Eduardo Salles e o presidente da COOPMAC (Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense), Jaimilton Gusmão, foram à SECTI nesta quinta-feira (17) tratar sobre o assunto com o secretário Manoel Mendonça e com o subsecretário Roberto Pinho.

Salles e Gusmão propuseram a criação de um laboratório de pesquisa para análise da bebida. “Se soubermos o que torna o nosso café tão bom podemos deixá-lo ainda melhor”, explica o deputado. O trabalho será feito em parceria com os departamentos de Química da UFBA (Universidade Federal da Bahia) e com a UESB (Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia), instituições presentes no município de Vitória da Conquista.

A dupla também propôs aproveitar a estrutura da estação experimental da EBDA (Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola) em Barra do Choça, a 20 km de Vitória da Conquista. Com a extinção da empresa, a estação foi desativada e o prédio está ocupado pelo MST. “O secretário se interessou muito pelo projeto e ficou de conversar com o chefe da SDR (Secretaria de Desenvolvimento Rural), Jeronimo Rodrigues, visando uma parceria das duas secretarias para cumprir o compromisso do Governador Rui Costa de aproveitar as estruturas do governo”, conta Eduardo Salles.

“A professora Sandra Elisabeth, da UESB, tem um projeto de pesquisa que propõe aproveitar essa estrutura”, diz o parlamentar, comemorando a possibilidade de um projeto conjunto. “Todo mundo sai ganhando”, diz. Para o secretário, essa é uma oportunidade de aproximar a universidade do produtor. “Os pesquisadores recebem demandas diretas dos produtores e desenvolvem pesquisas que podem ser aplicadas na prática”, diz Mendonça.

O próximo passo para a efetivação do projeto é a realização de reunião com participação da SECTI, SDR, COOPMAC e Prefeitura de Barra do Choça.