Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "Vítor Bonfim"

26 de abril de 2016, 17:45

Reunião em Juazeiro é proposta para debater captação de água caso a Mineração Caraíba encerre as atividades

DSCN1339

A possibilidade de encerramento das atividades da Mineradora Caraíba, instalada no município de Jaguarari, foi abordada pelo deputado estadual Zó na sessão desta terça-feira (26) da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa da Bahia.

O medo do parlamentar é que a empresa encerre suas atividades e paralise a captação de água feita em sua adutora, gerando problemas no abastecimento de água ao longo de seus 86 quilômetros de extensão, afetando distritos e povoados dos municípios de Juazeiro, Jaguarari, Uauá, Andorinha, Curaçá e Monte Santo.

Zó propôs que no dia 18 de maio, durante a realização da Expovale, em Juazeiro, os parlamentares da Comissão de Agricultura participem de reunião com os secretários estaduais de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, da Agricultura, Vítor Bonfim, e do Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, para discutir as questões sobre o possível fechamento da Mineradora Caraíba e começar a traçar planos com o intuito de evitar a suspenção do abastecimento nos municípios.

A proposta foi apoiada pelo deputado estadual Eduardo Salles. “Quando fui secretário estadual de Agricultura, trabalhei muito pela manutenção desta adutora e também para evitar o aumento dos preços cobrados justamente por entender a importância dela para milhares de pessoas”, disse o parlamentar. “Apoio a iniciativa de Zó e estarei atento para que a população rural não seja prejudicada”, acrescentou o parlamentar.

“Vou ajudar o colega Zó a mobilizar os secretários para realizarmos a reunião e participar dessa audiência na Expovale”, garantiu Eduardo Salles.

O secretário de Agricultura de Juazeiro, Jorge Siqueira, participou dos debates na Comissão de Agricultura.

26 de abril de 2016, 17:21

Eduardo Salles propõe inclusão da Chapada Diamantina em programa de produção de queijo de cabra

DSCN1419

Vítor Bonfim, secretário estadual de Agricultura, e Fábio Cedraz, diretor de Agropecuária da SEAGRI (Secretaria Estadual de Agricultura), participaram nesta terça-feira (26) da sessão da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa para detalhar aos membros do colegiado o Projeto Cabra Produtiva e Rota do Leite.

O programa pretende organizar e profissionalizar a caprinocultura de leite na Bahia, promovendo a inclusão dos pequenos produtores e fomentando a agroindustrialização, com a fabricação especializada de queijos de cabra.

As primeiras amostras de queijos feitos com leite de cabra, também com variedades a base de vinho e cachaça, serão apresentadas ao público e comerciantes oficialmente durante a Expovale, que acontece de 17 a 22 de maio, em Juazeiro.

A primeira ação do Projeto Cabra Produtiva e Rota do Leite aconteceu na sede do laticínio Bom Sabor, em Juazeiro, quando produtores receberam treinamento da técnica francesa de produzir queijo com leite de cabra.

Eduardo Salles propôs ao secretário a realização de uma missão composta por empresários do setor de laticínios, agricultores, técnicos e deputados da Comissão de Agricultura à Espanha e Portugal para observarem como as regiões produtoras dos dois países estão avançadas nesta área. “Já participei de missões semelhantes quando fui secretário estadual de Agricultura e posso afirmar que são muito proveitosas”, garante o parlamentar.

Restrito inicialmente ao sertão da Bahia, Eduardo Salles propôs a Vítor Bonfim expandir o Projeto Cabra Produtiva e Rota do Leite à Chapada Diamantina, principalmente ao município de Morro do Chapéu. “A região é produtora de vinhos e acho que a produção de queijos com leite de cabra casaria perfeitamente”, explica o deputado estadual. “Já existe, inclusive, algumas produções de queijos artesanais com alta qualidade”, acrescentou o parlamentar.

O secretário aprovou imediatamente a inclusão de Morro do Chapéu no Projeto Cabra Produtiva e Rota do Leite. Bonfim citou que assinou há poucos dias, com a Associação de Produtores de Vinho da França, convênio de cooperação técnica para produção de vinhos. “Os projetos se complementam”, concluiu Vítor.