Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "Tapiramutá"

16 de agosto de 2016, 15:47

SEINFRA autoriza obra para melhorar sistema de abastecimento de água em comunidade de Tapiramutá

Cem famílias da comunidade do Brongo, em Tapiramutá, serão beneficiadas com a instalação de energia elétrica no sistema de abastecimento de água do local, atualmente funcionando com a utilização de diesel.

A solicitação da modificação do diesel por energia elétrica foi feita pelo deputado estadual Eduardo Salles e o prefeito Luciano Nery.

Nesta segunda-feira (15), em audiência na SEINFRA (Secretaria Estadual de Infraestrutura), o secretário Marcus Cavalcanti e o superintendente de Energia e Comunicação, Silvano Ragno, aprovaram a realização da obra.

“A utilização de energia elétrica no sistema de abastecimento de água na comunidade vai permitir mais segurança, eficácia e eficiência”, comemorou Eduardo Salles.

14 de julho de 2016, 17:01

Eduardo Salles entrega ofício à CAR solicitando 595 barracas da agricultura familiar para cinco municípios

 

DSCN3099

Barracas padronizadas para utilização nas feiras livres e da agricultura familiar em cinco municípios foram solicitadas nesta quinta-feira (14) pelo deputado estadual Eduardo Salles ao presidente da CAR (Companhia de Ação e Desenvolvimento Regional), Wilson Dias.

Os equipamentos serão destinados a Ilhéus, Lagedo do Tabocal, Maraú, Santana e Tapiramutá. “As barracas oferecem infraestrutura adequada para a comercialização dos produtos com mais qualidade e higiene, beneficiando comerciantes e consumidores”, disse Eduardo Salles.

Para Ilhéus, Eduardo Salles solicitou 400 barracas para serem utilizadas nos centros de abastecimento e feiras livres. O pedido para Lagedo do Tabocal foi de 75 equipamentos.

Eduardo Salles solicitou 70 barracas para Maraú. São 30 destinadas à Associação e de Agricultores de Burizinho e 40 à Associação de Agricultores de Pau Coco e região.

O ofício entregue por Eduardo Salles a Wilson Dias solicita ainda 10 barracas para o distrito de Porto Novo, em Santana, e 40 equipamentos para Tapiramutá.

14 de julho de 2016, 15:02

Em audiência na SEINFRA, Eduardo Salles pede obras em Tapiramutá, Bonito e Piritiba

DSCN3065

Após solicitação do prefeito de Tapiramutá, Luciano Nery, e do prefeito de Bonito, Edinho, e acompanhado do pré-candidato a prefeito de Piritiba, Samuel Santana, o deputado estadual Eduardo Salles participou de audiência com o secretário estadual de Infraestrutura (SEINFRA), Marcus Cavalcanti, para pedir ao chefe da pasta obras para a melhoria nas rodovias que cortam os municípios.

Para Tapiramutá, Eduardo Salles encaminhou ofício ao secretário solicitando massa asfáltica para a Prefeitura pavimentar 800 metros da via de acesso do município à BA-052, conhecida como Estrada do Feijão.

Em relação a Bonito, o deputado estadual cobrou a retomada de obras de recuperação do anel viário do município. A empresa contratada para a operação tapa-buraco na BA-046, entre Morro do Chapéu e Utinga, não realizou o trabalho.

Sobre Piritiba, a solicitação de Eduardo Salles e Samuel Santana foi a recuperação da BA-131, rodovia entre a sede do município e o distrito de Porto Feliz.

Cavalcanti explicou que vai aguardar a término da licitação para aquisição de massa asfáltica e posteriormente escalonar o cronograma de obras.

14 de julho de 2016, 14:32

Recuperação da Estrada do Feijão é solicitada por Eduardo Salles à SEINFRA

escolhida

Melhorar as condições de trafegabilidade da BA-052, conhecida como Estrada do Feijão, do entroncamento com a BR-116, na altura de Feira de Santana, até Xique-Xique, foi a pauta da audiência desta terça-feira (14) entre o deputado estadual Eduardo Salles e o secretário estadual de Infraestrutura (SEINFRA), Marcus Cavalcanti.

“A importância desta rodovia, tanto para o trânsito de carros de passeio, quanto o escoamento de da safra regional, é fundamental à economia baiana”, ressalta Eduardo Salles. A BA-052 possui 459 quilômetros de extensão.

“O prefeito de Xique-Xique, Dr. Ricardo, de Tapiramutá, Luciano Nery, e de Bonito, Edinho, o ex-secretário de Agricultura de Baixa Grande, Reinaldo Brito, e o pré-candidato a prefeito de Piritiba, Samuel Santana, sempre solicitam para que eu, representante político destes municípios, peça à SEINFRA para realizar a manutenção nesta rodovia”, explicou o parlamentar.

O secretário garantiu a Eduardo Salles a recuperação da estrada assim que concluir a licitação para aquisição de massa asfáltica.

21 de junho de 2016, 11:33

Eduardo Salles apresenta denúncia ao MPE cobrando melhoras das operadoras de telefonia em 30 municípios

 

DSCN2555

Com a intenção de melhorar a qualidade dos serviços de telefonia móvel na Bahia, o deputado estadual Eduardo Salles apresentou nesta terça-feira (21) denúncia ao MPE (Ministério Público Estadual) contra as operadoras Vivo, Tim, OI e Claro em 30 municípios do Estado. O parlamentar alega que as empresas falham na prestação de serviços essenciais e o atendimento aos assinantes é deficiente.

O deputado denunciou as operadoras por má prestação de serviços em Baixa Grande, Planaltino, Curaçá, Paratinga, Lagedo do Tabocal, Mucugê, Barra do Choça, Bom Jesus da Lapa, Xique-Xique, Tapiramutá, Ipiaú, Ilhéus, Ibirataia, Ponto Novo, Rio Real, Bonito, Luís Eduardo Magalhães, Piritiba, Caatiba, Itanhém, Juazeiro, Morro do Chapéu, Casa Nova, Itaguaçu da Bahia, Nazaré, Riachão do Jacuípe, Amargosa, Santana, Itaetê e Maraú.

“As operadoras têm descumprido obrigações legais e causam danos materiais e morais a milhares de consumidores”, reclamou Eduardo Salles. “Aqui na Bahia, principalmente no interior, é comum enfrentar problemas, como sinal inconstante, ligações que não são completadas e mau funcionamento da internet 3G”, acrescentou o deputado.

A denúncia protocolada pelo parlamentar requer punição às quatro empresas por não prestarem o serviço contratado e oferecerem atendimento de má qualidade. Eduardo Salles solicita ainda a instalação de antenas nos municípios e seus distritos.

“As operadoras são concessionárias de serviço público, portanto, têm obrigação de oferecer serviço de qualidade”, alertou Eduardo Salles.

DESCUMPRIMENTO DE CRONOGRAMA

Em 2015, Eduardo Salles ofereceu representação no MPE contra a Claro. A justificativa é que a operadora descumpriu o cronograma de cobertura de telefonia celular e fixa e dados na área rural na Bahia, conforme determina o edital vencido pela empresa em dezembro de 2012 e o TAC (Termo de Ajuste de Conduta) assinado em 2014 após a CPI da Telefonia realizada na Assembleia Legislativa da Bahia.

“Eu quero que a Claro cumpra o que determina a licitação que ela venceu. Estou cobrando apenas o cumprimento do que foi assinado pela empresa. O edital tem que ser honrado. A população baiana não pode ficar no prejuízo”, cobrou Eduardo Salles.

07 de junho de 2016, 18:18

Melhorias no abastecimento e em estradas de Tapiramutá são solicitadas por Eduardo Salles e Luciano Nery

tapiramuta 1

Buscando melhorias no abastecimento e nas estradas de Tapiramutá, o deputado Eduardo Salles esteve, ao lado do prefeito Luciano Nery, em audiências na na CERB (Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia), SIHS (Secretaria Estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento) e SEINFRA (Secretaria Estadual de Infraestrutura) nesta terça-feira (7).

Recebidos pelo secretário estadual de Infraestrutura Hídrica, Cássio Peixoto, e pelo diretor da CERB, Marcus Bulhões, o deputado e o prefeito solicitaram a instalação do sistema de abastecimento do distrito de Palmeiral. “O poço já está perfurado e tem vazão e qualidade de água satisfatórias. Recebemos hoje de Bulhões a autorização para concepção do projeto, que será executado em parceria com a Prefeitura”, conta Salles. A dupla também solicitou perfuração de poço na comunidade da Placa. “Imediatamente o secretário autorizou a visita de um geólogo para fazer a locação do poço”, comemora do deputado Eduardo Salles.

BA-131
Em audiência com o superintendente da SIT (Superintendência de Transportes), Saulo Pontes, Eduardo Salles e Luciano Nery reforçaram a solicitação de operação tapa-buracos na BA-131, que liga o entrocamento de Porto Feliz à sede de Tapiramutá. “O superintendente autorizou liberação de emulsão asfáltica para que o serviço seja executado em parceria com a Prefeitura”, conta o parlamentar.

24 de setembro de 2015, 20:01

Deputado faz entrega de sementes de Crotalária juncea, leguminosa que combate o mosquito da dengue de forma natural

Eduardo Salles e equipe Paso Ita

Eduardo Salles e equipe Paso Ita

Prefeitos e secretários de Agricultura de 17 municípios baianos receberam, nesta quinta-feira (24), sementes de Crotalária juncea, leguminosa cuja flor atrai a libélula, predadora do mosquito Aedes aegypti, que transmite dengue, zika e chikungunya. “A ideia é combater o mosquito de forma natural” explica o deputado Eduardo Salles.

A distribuição das sementes é fruto de uma parceria do parlamentar com a empresa Paso Ita Gramíneas e Leguminosas. “Nessa primeira etapa priorizei os municípios onde fui votado”, conta Salles. A cerimônia de entrega aconteceu no auditório da COOPMAC (Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense), em Vitória da Conquista.

Foram beneficiados os municípios de Xique-Xique, Barra do Choça, Ilhéus, Rio Real, Tapiramutá, Ibirataia, Maraú, Bonito, Curaçá, Ipiaú, Paratinga, Bom Jesus da Lapa, Ponto Novo, Itaetê, Lajedo do Tabocal, Planaltino e Caatiba. Cada um deles recebeu três sementes por habitante.

COMO FUNCIONA
A coloração amarela da flor da Crotalária juncea atrai a libélula, que, além de se alimentar do mosquito Aedes aegypti, coloca seus ovos na mesma água. “As larvas da libélula também comem as larvas do mosquito. Assim podemos prevenir as doenças transmitidas por ele e diminuir o número de casos”, diz o deputado.

TREINAMENTO
Os representantes dos 17 municípios receberam treinamento sobre o processo de transformação das sementes em mudas e aprenderam sobre os cuidados com a planta e manutenção da espécie nos canteiros, jardins e terrenos onde a Crotalária juncea for plantada.

“Ela floresce depois de 90 dias”, explica o coordenador técnico da Paso Ita, Eduardo Patrício, que instruiu os presentes. “É uma planta que se adapta facilmente a diferentes climas”, completa.