Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "Saúde"

13 de maio de 2016, 09:58

Carreta do rastreamento do câncer de mama chega a Xique-Xique em junho

conde_rastreamento

A partir do dia 27 de junho o Programa Estadual de Rastreamento do Câncer de Mama chegará no município de Xique-Xique. O projeto é uma estratégia para a prevenção, detecção precoce e o tratamento da doença. Mulheres entre 50 e 69 anos serão atendidas pela equipe de saúde que vai contar com dois mamógrafos e farão atendimentos durante todo o dia. O atendimento será realizado até 13 de julho e as interessadas devem apresentar RG e cartão do SUS (Sistema Único de Saúde). A liberação da carreta foi uma solicitação feita pelo prefeito, DR. Ricardo, o deputado estadual Eduardo Salles e o deputado federal Cacá Leão.

Segundo o secretário de Saúde de Xique-Xique, George Santana Figueiredo, a carreta do rastreamento ficará disponível para as moradoras de segunda a sábado das 8h às 12h e das 14h às 18h. “Serão distribuídas 70 fichas no turno da manhã e mais 70 pela tarde. A nossa expectativa é realizar até o último dia 2.100 mamografias”, comentou. Ainda de acordo com o secretário, o atendimento deve ocorrer na Praça da Caldeira.

As mulheres que forem diagnosticadas com a doença serão encaminhadas pela SESAB (Secretaria Estadual de Saúde) para tratamento cirúrgico, quimioterápico e/ou radioterápico em unidade oncológica especializada.

Para Eduardo Salles, a carreta só vai levar benefícios às moradoras. “A minha luta é pela saúde da população e a chegada do projeto vai auxiliar na identificação e tratamento. A cada 10 mulheres diagnosticadas com câncer de mama no país, três morrem. Esse é um assunto sério e que precisa ter uma atenção maior”, defendeu o parlamentar.

Para o prefeito, a cidade só tem a ganhar com o programa. “Isso vai diminuir o tempo de espera das mulheres e facilitar a realização do exame, do diagnóstico e do tratamento. É um grande avanço para a saúde da Bahia e da região”, comemorou.

04 de abril de 2016, 12:20

Centro Estadual de Oncologia ganha Setor de Bioimagem

de dentro

O CICAN (Centro Estadual de Oncologia) ganhou novo Setor de Bioimagem nesta segunda-feira (4). A inauguração contou com a presença do governador Rui Costa, do secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, e do deputado estadual Eduardo Salles, que parabenizou o Governo pela iniciativa. “O câncer é um problema grave e o novo setor chega para melhorar a qualidade do atendimento a quem sofre da doença”, disse.

O Setor de Bioimagem conta com equipamentos de imagem de alta tecnologia, com o tomógrafo de 16 canais, Raio-X e mamógrafos com estereotaxia, procedimento realizado para analisar possíveis lesões encontradas em exames. Foram investidos aproximadamente R$ 5 milhões.

Também estavam presentes na inauguração os deputados estaduais Alex da Piatã, Alex Lima , Bobô, Fabiola Mansur e Gika, e o deputado federal Antônio Brito.

CICAN
O centro atende às especialidades de ginecologia, mastologia, oncologia clínica, urologia, dermatologia, proctologia, anestesiologia, terapia da dor e cirurgia geral. Além de procedimentos diagnósticos, também são oferecidos serviços de odontologia, psicologia, enfermagem e serviço social, todos voltados para o paciente oncológico. O CICAN funciona na Avenida Vasco da Gama, em Salvador, ao lado do HGE (Hospital Geral do Estado), das 8h às 18h.

07 de dezembro de 2015, 14:21

Odontomóvel realiza atendimentos gratuitos em Ilhéus e Ibirataia

odontomovel eduardo salles

Até o próximo sábado (12), os municípios de Ilhéus e Ibirataia recebem unidades do Odontomóvel. As carretas funcionam como consultórios odontológicos de variadas especialidades, com atendimento gratuito à população.

O deputado Eduardo Salles, responsável pelas solicitações junto à SESAB (Secretaria Estadual de Saúde), comemora as conquistas. “Esse programa amplia e qualifica o acesso à assistência odontológica em comunidades com carência nessa especialidade”, diz.

Em ambos os municípios serão atendidas mais de 100 pessoas por dia e a expectativa da SESAB é que sejam realizados, em média, sete procedimentos por paciente. As unidades do Odontomóvel realizam tratamento de canal, restauração, extração, limpeza e pequenas cirurgias.
Em Ilhéus, o Odontomóvel está instalado no trevo do bairro Tetotônio Vilela. Já em Ibirataia, os atendimentos acontecem na Praça Basílio Miguel de Souza. Os pacientes devem levar Documento de Identidade e Cartão SUS.

04 de novembro de 2015, 10:01

Eduardo Salles e Alex Lima solicitam novo aparelho de raio X para Hospital Maternidade de Rio Real

eduardo salles fabio vilasboas e alex lima

A visita do secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, à Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (3), serviu para os deputados estaduais Eduardo Salles e Alex Lima solicitarem um novo aparelho de raio X para o Hospital Maternidade Maria Amélia. O equipamento atual tem 25 anos e foi adquirido ainda na época da antiga Fundação Hospitalar.

“O longo tempo de uso do raio X tem oferecido à população de Rio Real e Jandaíra um serviço precário. Na última vez que o aparelho quebrou, foram 70 dias de inatividade. Além do mais, os exames têm imagem ruim e não são todas as partes do corpo do paciente que conseguem ser radiografadas”, justifica Eduardo Salles.

Atualmente, os pacientes têm se dirigido a Estância ou Aracaju, em Sergipe, ou Esplanada, na Bahia, para conseguir um exame de raio X.

“Eu e Alex Lima vamos entregar um ofício conjunto, com a solicitação oficial ao secretário, nesta quarta-feira (4)”, garante Eduardo Salles.

24 de setembro de 2015, 20:01

Deputado faz entrega de sementes de Crotalária juncea, leguminosa que combate o mosquito da dengue de forma natural

Eduardo Salles e equipe Paso Ita

Eduardo Salles e equipe Paso Ita

Prefeitos e secretários de Agricultura de 17 municípios baianos receberam, nesta quinta-feira (24), sementes de Crotalária juncea, leguminosa cuja flor atrai a libélula, predadora do mosquito Aedes aegypti, que transmite dengue, zika e chikungunya. “A ideia é combater o mosquito de forma natural” explica o deputado Eduardo Salles.

A distribuição das sementes é fruto de uma parceria do parlamentar com a empresa Paso Ita Gramíneas e Leguminosas. “Nessa primeira etapa priorizei os municípios onde fui votado”, conta Salles. A cerimônia de entrega aconteceu no auditório da COOPMAC (Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense), em Vitória da Conquista.

Foram beneficiados os municípios de Xique-Xique, Barra do Choça, Ilhéus, Rio Real, Tapiramutá, Ibirataia, Maraú, Bonito, Curaçá, Ipiaú, Paratinga, Bom Jesus da Lapa, Ponto Novo, Itaetê, Lajedo do Tabocal, Planaltino e Caatiba. Cada um deles recebeu três sementes por habitante.

COMO FUNCIONA
A coloração amarela da flor da Crotalária juncea atrai a libélula, que, além de se alimentar do mosquito Aedes aegypti, coloca seus ovos na mesma água. “As larvas da libélula também comem as larvas do mosquito. Assim podemos prevenir as doenças transmitidas por ele e diminuir o número de casos”, diz o deputado.

TREINAMENTO
Os representantes dos 17 municípios receberam treinamento sobre o processo de transformação das sementes em mudas e aprenderam sobre os cuidados com a planta e manutenção da espécie nos canteiros, jardins e terrenos onde a Crotalária juncea for plantada.

“Ela floresce depois de 90 dias”, explica o coordenador técnico da Paso Ita, Eduardo Patrício, que instruiu os presentes. “É uma planta que se adapta facilmente a diferentes climas”, completa.

25 de agosto de 2015, 12:26

Deputado e secretário de Saúde conhecem tecnologia que repele mosquito da dengue

cafe da manha

O deputado estadual Eduardo Salles e o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas conheceram nesta terça-feira (25) uma tecnologia desenvolvida em Portugal que repele o Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya. A apresentação foi feita por João Fernandes de Albuquerque, presidente da ACIB (Associação Comercial e Industrial de Barcelos).

Entre janeiro e junho deste ano, a SESAB (Secretaria Estadual de Saúde) registrou na Bahia 45 mil casos de dengue, 32 mil de zika e 11 mil de chikungunya. “Essas doenças causam prejuízo à saúde pública e à economia”, observou Eduardo Salles.

A tecnologia de nanoparticulas é aplicada na tinta das paredes dos imóveis, e repele o mosquito por quatro anos, ou nas roupas, com durabilidade de até 100 lavagens. O produto já foi aprovado pela OMS (Organização Mundial de Saúde) e agências de saúde da Europa.

A OCIB convidou Eduardo Salles e Fábio Vilas-Boas para conhecerem a empresa em Barcelos, cidade portuguesa a 30 minutos de Porto, e saberem mais informações sobre a tecnologia. “Só vamos ter sucesso no combate ao Aedes aegypti se investirmos em inovação”, disse o secretário.

Eduardo Salles sugeriu convidar à visita o secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Manoel Mendonça. “Acho que as duas secretarias podem fazer um trabalho conjunto”, explicou.

“Como deputado, tenho que procurar e propor soluções para os problemas da população”, esclareceu Eduardo Salles.

08 de junho de 2015, 10:11

Projeto de Eduardo Salles combate proliferação do Aedes aegypti de forma natural

Em visita à Bahia Farm Show, em Luís Eduardo Magalhães, na semana passada, o deputado estadual Eduardo Salles conversou com os proprietários da Paso Ita Gramíneas e Leguminosas, Carlos e Tafarel Teixeira, pai e filho, respectivamente, para firmar parceria entre a empresa e 14 municípios baianos onde o parlamentar obteve mais de 1.500 votos. A ideia é implantar um projeto de combate ao Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue.

A fórmula para evitar a proliferação do Aedes aegypti é simples, mostrou Tafarel Teixeira. Quatorze municípios receberão uma quantidade de sementes de Crotalária juncea, leguminosa de rápido crescimento, idêntica ao número de moradores.

“A Crotalária juncea tem uma flor amarela que atrai a libélula, inimiga natural do Aedes aegypti. A libélula, assim como o mosquito transmissor da dengue, põe seus ovos em água limpa”, explicou Tafarel.

“As larvas da libélula comem as larvas do Aedes aegypti e a libélula, em sua fase adulta, se alimenta também do Aedes aegypti. Desta forma, o combate à proliferação do mosquito é feito de forma natural”, acrescentou Carlos Teixeira.

A intenção de Eduardo Salles é apresentar o projeto ao secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, para expandir a ideia aos outros municípios baianos.

“Além da dengue, o Aedes aegypti transmite também a Chikungunya e a Zika, que têm causado sérios problemas à população. Acho que esse modelo de combate natural pode diminuir muito a infestação do mosquito nos municípios baianos. E a Crotalária juncea pode ser plantada em todas as regiões do Estado”, disse Eduardo Salles.

O parlamentar e os empresários vão articular com as secretarias de Agricultura dos 14 municípios para a assessoria da Paso Ita ajudar na propagação das plantas.

04 de maio de 2015, 13:44

Construção do Hospital do Câncer do Oeste é tema de debate na Secretaria de Saúde

rotary barreiras

 

Oferecer serviço de tratamento contra o câncer para quase 1,2 milhão de pessoas que residem nos municípios do oeste da Bahia foi a pauta da reunião desta segunda-feira (4) agendada pelo deputado Eduardo Salles entre as representantes do Rotary de Barreiras e o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas. A presidente da entidade, Marizete Zuttion, a vice-presidente, Neiva Jaskulski, e a diretora administrativa, Carla Zuttion, participaram da audiência.

“Sempre fui um dos representantes e defensores das causas do Oeste por conhecer de perto muitas de suas dificuldades. Morei na região devido a um momento profissional”, justificou Eduardo. “Convidei, inclusive, o deputado Antônio Henrique Júnior, mas ele não pôde vir por ter compromissos agendados anteriormente”, acrescentou o parlamentar.

As representantes do Rotary de Barreiras entregaram ao secretário um documento com mais de 14 mil assinaturas colhidas nos municípios da região pedindo a ajuda do governo estadual para implantar o serviço de oncologia e beneficiar o oeste da Bahia.

“Não há hospital especializado na região. E as pessoas precisam se deslocar para cidades como Feira de Santana, Vitória da Conquista ou Salvador. Os pacientes mais pobres não têm como pagar muitas vezes esse custo”, explicou Marizete.

Na conversa, o secretário explicou que não há recursos agora em 2015 para a execução da obra, mas surgiu a possibilidade de o Rotary, ao lado de outras entidades da sociedade civil organizada, captarem os valores necessários à construção da unidade de oncologia. A SESAB (Secretaria Estadual de Saúde) entregaria o projeto executivo.

“A partir da obra concluída, em um esforço suprapartidário, mobilizaremos todos os deputados, estaduais e federais, votados na região para, por meio de emendas, conseguirmos comprar os equipamentos necessários”, disse Eduardo Salles.

O custeio da unidade de oncologia, etapa que precisa de maior aporte de recursos, ficaria com a SESAB, garantiu Fábio Vilas-Boas.

A presidente do Rotary explicou ao secretário que já há da iniciativa privada sinalização para a doação de um terreno, ao lado do Hospital do Oeste, onde a unidade de oncologia pode ser construída.

“O câncer é a segunda doença que mais mata no Brasil. Vou ajudar como eu puder. Vou acompanhar todos os processos para juntos conquistarmos esse sonho e aliviar o sofrimento dos pacientes de oncologia do oeste da Bahia”, declarou o parlamentar.