Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "prefeito"

17 de agosto de 2016, 12:52

Em audiência na SESAB, equipamentos e veículos são solicitados para melhorar a saúde de Santana

DSCN4126

O secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, recebeu em audiência nesta terça-feira (16) o deputado estadual Eduardo Salles, o prefeito de Santana, Dr. Wilson, o vereador Adalto de Porto Novo e a secretária municipal de Saúde, Rita de Cássia.

O grupo solicitou ao secretário a cessão de mobiliário para equipar os PSFs (Postos de Saúde da Família) de Alto de Santana e Alto da Vitória. As unidades são de padrão 2 e já foram construídas. “Em função da crise econômica e diminuição dos recursos nos cofres municipais, viemos solicitar esse apoio do governo estadual”, revelou o prefeito.

Outra solicitação feita pela secretária é um aparelho de raio X para utilização no Hospital Municipal Francisco Flores.

Já o vereador pediu a Fábio Vilas-Boas que a SESAB (Secretaria Estadual de Saúde) ceda uma caminhonete para transportar a equipe do PSF do distrito de Porto Novo, que possui cerca de 5.000 moradores. A medida beneficiaria também as localidades de Alagoas, Caraíbas, Ponto Certo, Mozondó, Jacarandá, Cedro do Corrente e Jacaré.

O secretário explicou que precisa esperar o período eleitoral acabar para realizar os convênios com a Prefeitura de Santana.

“Assim que as eleições acabarem, voltaremos à SESAB para firmar o convênio e levar a Santana, onde sou representante político, essas conquistas fundamentais à população”, declarou Eduardo Salles.

16 de agosto de 2016, 15:47

SEINFRA autoriza obra para melhorar sistema de abastecimento de água em comunidade de Tapiramutá

Cem famílias da comunidade do Brongo, em Tapiramutá, serão beneficiadas com a instalação de energia elétrica no sistema de abastecimento de água do local, atualmente funcionando com a utilização de diesel.

A solicitação da modificação do diesel por energia elétrica foi feita pelo deputado estadual Eduardo Salles e o prefeito Luciano Nery.

Nesta segunda-feira (15), em audiência na SEINFRA (Secretaria Estadual de Infraestrutura), o secretário Marcus Cavalcanti e o superintendente de Energia e Comunicação, Silvano Ragno, aprovaram a realização da obra.

“A utilização de energia elétrica no sistema de abastecimento de água na comunidade vai permitir mais segurança, eficácia e eficiência”, comemorou Eduardo Salles.

23 de julho de 2016, 17:34

Início da captação na barragem da Mata da Boa Esperança aumenta em 10% oferta de água em Ilhéus

13770355_10201765759182409_5340733934242578422_n

Começou a funcionar neste sábado (23) a captação de água da barragem da Mata da Boa Esperança, em Ilhéus, o que vai aumentar em 10% a oferta dos recursos para os moradores do município, que têm sofrido com a crise hídrica na região. A informação foi dada ao deputado estadual Eduardo Salles e ao prefeito em exercício, Carlos Machado, na última quinta-feira (21), pelo gerente regional e o diretor de operações de interior da empresa, José Lavigne e Ubiratan Cardoso, respectivamente.

A obra para a instalação de 2,5 quilômetros de adutora na barragem da Mata da Boa Esperança começou ainda no primeiro semestre de 2016, logo após o prefeito Jabes Ribeiro e Eduardo Salles participarem de audiência em Salvador com o governador Rui Costa.

Na última terça-feira (19) o parlamentar participou de audiência com o secretário estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, e o presidente da EMBASA, Rogério Cedraz, para saber o cronograma de início de captação de água na Barragem da Mata da Boa Esperança. Eduardo Salles foi informado que faltava resolver questões ambientais.

No dia seguinte, com a presidente do INEMA (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia), Márcia Telles, o deputado teve a garantia que o processo para início da operação teria agilidade.

“Percorri todo esse caminho porque sei o sofrimento que a população de Ilhéus está passando. Tenho obrigação, como representante político, de cobrar dos órgãos e agilizar medidas e obras que melhorem a oferta de água”, justificou Eduardo Salles.

Segundo Ubiratan Cardoso, a EMBASA está em processo de implantação de mais três estações elevatórias, 23 reservatórios comunitários e apoio de nove caminhões-pipas para suprir a demanda de hospitais, escolas públicas e UESC (Universidade Estadual Santa Cruz).

Outra ação prometida pelos diretores da EMBASA é aumentar de 160mm para 200mm o diâmetro da tubulação da adutora que leva água ao centro e zona norte.

18 de julho de 2016, 09:24

Luta de Eduardo Salles e lideranças de Xique-Xique garante retomada das obras da Rua 6

12032116_10200748393148894_4381249326866904847_n

Depois de três interrupções desde que começou, em 2014, a obra na Rua 6, em Xique-Xique, foi retomada no início do mês de junho e deve ficar pronta no segundo semestre do ano, conforme o cronograma da SEINFRA (Secretaria Estadual de Infraestrutura). No último dia 8 de junho, o deputado estadual Eduardo Salles voltou a se reunir com o secretário Marcus Cavalcanti, que garantiu o pagamento do débito existente com a empresa responsável pelo serviço.

“A conclusão da obra é uma batalha que tenho desde o início do meu mandato. Durante todo esse período fizemos uma verdadeira força-tarefa com a participação do prefeito, Dr. Ricardo, do vice-governador João Leão, do deputado federal, Cacá Leão, e dos vereadores Genicássia e Fabinho”, esclareceu Eduardo Salles.

Em função da crise econômica e diminuição da arrecadação dos cofres públicos, algumas obras no estado tiveram seus repasses atrasados para que o pagamento do servidor público fosse priorizado e não houvesse atraso no vencimento dos trabalhadores, assim como ocorre em outras unidades da federação.

“Sei da importância dessa obra para o município de Xique-Xique e fizemos de tudo para retomar os trabalhos. Essa é mais uma missão que tenho orgulho de participar ao lado deste grupo que tem trabalhado para melhorar a vida da população. E vamos fazer ainda muito mais!”, garante o parlamentar.

“Temos dois bons pré-candidatos a prefeito no grupo: Eduardo Pessoa e Dra Simone. E vamos sair unidos no processo político deste ano. A população de Xique Xique não quer andar prá trás e sabe a importância de garantir um futuro melhor para seus filhos”, afirma Eduardo Salles.

Os 3,7 quilômetros de pavimentação começam no entroncamento da BA-160 e vai até o entroncamento da BA-052.

Para o secretário de Obras, Transporte e Serviços Público de Xique-Xique, Carlos Fábio, a obra vai beneficiar todo o município. “Com a conclusão, o trafego no centro da cidade e nos bairros Polivante, BNH e São Francisco, principais vias de acesso à BA-052, vai diminuir e causar menos congestionamentos”, disse.

15 de julho de 2016, 08:55

Projeto do fusegate da Barragem de Ponto Novo inclui agricultura irrigada e piscicultura para 100 famílias

DSCN3131 (1)

O projeto de R$ 14 milhões para aquisição e instalação do fusegate (sistema de controle de vertedouros formado por elementos independentes de concreto e/ou de aço para aumentar a segurança hídrica, impedindo a sangria de água nos momentos de cheia) da Barragem de Ponto Novo vai oferecer outros benefícios à comunidade além da segurança hídrica.

O recurso vai permitir a 60 famílias áreas de cinco hectares para cada uma, com a garantia de irrigação em dois hectares. Outras 40 famílias participarão de projeto de piscicultura. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (14) ao deputado estadual Eduardo Salles durante a audiência do parlamentar com o presidente da CAR (Companhia de Ação e Desenvolvimento Regional), Wilson Dias.

Além da área irrigada de hortifruticulturas e projeto de piscicultura, o projeto prevê a instalação de uma agroindústria de doces.

Na quinta-feira (21), representantes do FIDA (Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola) vêm a Salvador para fazer os últimos ajustes técnicos com agentes do governo estadual em relação à compra do equipamento, já que o Banco Mundial nunca financiou esse tipo de equipamento, produzido com tecnologia francesa.

O FIDA contratou um técnico para visitar na próxima semana a Barragem do França, onde já foi instalado o fusegate, e depois ir à Barragem de Ponto Novo.

Na semana passada, Eduardo Salles participou de audiências com o secretário estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, o presidente da CERB (Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia), Marcus Bulhões, e o secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, para tratar exclusivamente sobre a aquisição do fusegate da barragem de Ponto Novo.

A expectativa do presidente da CAR é que 30 dias após a visita do técnico do FIDA às barragens do França e de Ponto Novo o governador Rui Costa possa assinar a ordem de serviço da obra.

O fusegate na Barragem de Ponto Novo apresenta como vantagem o aumento de 24 % da capacidade de armazenamento da barragem, não ter custos para desapropriações, funciona sem fontes de energia ou funcionários, a instalação é rápida, tem baixo custo de manutenção, é 10 vezes mais econômico e cinco vezes mais rápido.

14 de julho de 2016, 15:02

Em audiência na SEINFRA, Eduardo Salles pede obras em Tapiramutá, Bonito e Piritiba

DSCN3065

Após solicitação do prefeito de Tapiramutá, Luciano Nery, e do prefeito de Bonito, Edinho, e acompanhado do pré-candidato a prefeito de Piritiba, Samuel Santana, o deputado estadual Eduardo Salles participou de audiência com o secretário estadual de Infraestrutura (SEINFRA), Marcus Cavalcanti, para pedir ao chefe da pasta obras para a melhoria nas rodovias que cortam os municípios.

Para Tapiramutá, Eduardo Salles encaminhou ofício ao secretário solicitando massa asfáltica para a Prefeitura pavimentar 800 metros da via de acesso do município à BA-052, conhecida como Estrada do Feijão.

Em relação a Bonito, o deputado estadual cobrou a retomada de obras de recuperação do anel viário do município. A empresa contratada para a operação tapa-buraco na BA-046, entre Morro do Chapéu e Utinga, não realizou o trabalho.

Sobre Piritiba, a solicitação de Eduardo Salles e Samuel Santana foi a recuperação da BA-131, rodovia entre a sede do município e o distrito de Porto Feliz.

Cavalcanti explicou que vai aguardar a término da licitação para aquisição de massa asfáltica e posteriormente escalonar o cronograma de obras.

14 de julho de 2016, 14:32

Recuperação da Estrada do Feijão é solicitada por Eduardo Salles à SEINFRA

escolhida

Melhorar as condições de trafegabilidade da BA-052, conhecida como Estrada do Feijão, do entroncamento com a BR-116, na altura de Feira de Santana, até Xique-Xique, foi a pauta da audiência desta terça-feira (14) entre o deputado estadual Eduardo Salles e o secretário estadual de Infraestrutura (SEINFRA), Marcus Cavalcanti.

“A importância desta rodovia, tanto para o trânsito de carros de passeio, quanto o escoamento de da safra regional, é fundamental à economia baiana”, ressalta Eduardo Salles. A BA-052 possui 459 quilômetros de extensão.

“O prefeito de Xique-Xique, Dr. Ricardo, de Tapiramutá, Luciano Nery, e de Bonito, Edinho, o ex-secretário de Agricultura de Baixa Grande, Reinaldo Brito, e o pré-candidato a prefeito de Piritiba, Samuel Santana, sempre solicitam para que eu, representante político destes municípios, peça à SEINFRA para realizar a manutenção nesta rodovia”, explicou o parlamentar.

O secretário garantiu a Eduardo Salles a recuperação da estrada assim que concluir a licitação para aquisição de massa asfáltica.

12 de julho de 2016, 16:30

Reunião técnica dia 21 define cronograma para aquisição do fusegate da Barragem de Ponto Novo

 

13432413_10201623551347302_3231959697769282541_n

Luta antiga do deputado estadual Eduardo Salles, do prefeito Adelson Maia, dos vereadores e da população de Ponto Novo, o fusegate, sistema de controle de vertedouros formado por elementos independentes de concreto e/ou de aço para aumentar a segurança hídrica, impedindo a sangria de água nos momentos de cheia, da Barragem de Ponto Novo foi pauta na última quinta-feira (7) de reunião do governador Rui Costa, do secretário estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, do secretário estadual de Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, do presidente da CAR (Companhia de Ação e Desenvolvimento Regional), Wilson Dias, e do presidente da CERB (Companhia de Engenharia Ambiental e Recursos Hídricos da Bahia), Marcus Bulhões.

Ficou acordado que no dia 21 de julho os técnicos do governo participam de reunião com representantes do FIDA (Fundo Internacional de Desenvolvimento Agrícola) para fazer o acordo técnico em relação à compra do equipamento, já que o Banco Mundial nunca financiou esse tipo de equipamento, produzido com tecnologia francesa. O investimento aproximado é de R$ 7,5 milhões.

Na semana passada, Eduardo Salles participou de audiências com Cássio Peixoto e Marcus Bulhões para tratar exclusivamente sobre a aquisição do fusegate da barragem de Ponto Novo, quando foi informado da reunião técnica marcada para dia 21 de julho. A data da audiência foi confirmada ao parlamentar e ao secretário de Agricultura de Ponto Novo, Zenóbio José da Silva, nesta segunda-feira (11), em Juazeiro, por Jerônimo Rodrigues.

“Meu objetivo é que logo após o acordo técnico com o Banco Mundial ocorra, o governador possa ir a Ponto Novo assinar a ordem de serviço do fusegate, tranquilizando a população”, disse Eduardo Salles.

O fusegate apresenta como vantagem o aumento de 24 % da capacidade de armazenamento da barragem, não ter custos para desapropriações, funciona sem fontes de energia ou funcionários, a instalação é rápida, tem baixo custo de manutenção, é 10 vezes mais econômico e cinco vezes mais rápido.

Na Barragem de Ponto Novo, o fusegate vai aumentar o nível máximo normal em 1,2m e do volume em 9,34 hm³. A expectativa é que a execução da obra demanda alguns meses para ser concluída.

ENTENDA O PROBLEMA

Há quase 20 anos, a Barragem de Ponto Novo foi construída para a implantação do projeto de irrigação no município. A obra permitiu a criação de milhares de postos de trabalho no semiárido baiano. “Hoje apenas 1.200 hectares estão produzindo e gerando cerca de 1.500 empregos diretos, números que correspondem apenas a metade da capacidade”, explica Eduardo Salles.

O restante da área ainda não é cultivada por causa da escassez de água e o direcionamento do recurso para suprir a demanda humana de outros municípios. “O fusegate vai permitir mais segurança hídrica, tanto para o consumo humano das comunidades vizinhas, como à geração de emprego aos jovens que entram no mercado de trabalho”, concluiu Eduardo Salles.