Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "Michel Hage"

05 de abril de 2016, 16:39

Audiência pública debate possibilidade de instalação de novos cursos da UESB em Itapetinga e Vitória da Conquista

DSCN0898

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia realizou nesta terça-feira (5) audiência pública para debater a possibilidade de implantação pela UESB (Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia) dos cursos de Medicina Veterinária, em Itapetinga, e Odontologia, em Vitória da Conquista.

O deputado Eduardo Salles, presidente da Comissão de Educação, reconhece o momento de dificuldade econômica do governo do estado, mas lembra que é importante iniciar o debate. “Neste momento há diminuição dos recursos. Mas acredito que colocarmos esse assunto em pauta agora permite que estejamos na frente quando o momento da economia for favorável”, explicou o parlamentar.

Herzem Gusmão, proponente da audiência pública, classificou a UESB como “maior patrimônio de Itapetinga”. Em relação ao curso de Odontologia em Vitória da Conquista, o parlamentar diz já existir gabinetes odontológicos na instituição.

Conforme Herzem, a solicitação do curso de Odontologia em Vitória da Conquista é um desejo antigo. “O ex-prefeito Gerson Salles enviou, em 1960, solicitação ao ex-governador Juraci Magalhães já com esse pleito”, revelou.

Michel Hage, lembrou que durante sua gestão conseguiu instalar campus da UESB no município graças à parceria com o governo do estado. “Foi na época do ex-governador Waldir Pires”, disse o ex-prefeito, acompanhado da filha, a ex-deputada Virgínia Hage.

Adriano Alcântara, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Itapetinga, citou que o município tem atualmente 960 mil cabeças de gado e possui uma das maiores densidades demográficas bovina (77 cabeças por quilômetro quadrado) do Brasil. “É apropriada e pertinente a criação do curso de Medicina Veterinária em Itapetinga”, declarou.

Vice-reitor da UESB, instituição que tem 1.150 docentes, 700 servidores, 10.000 alunos, 47 cursos de graduação, 26 cursos de mestrado e seis de doutorado, Fábio Félix esclareceu que são necessários ajustes no campus antes da aprovação dos cursos. “Ainda temos problema estruturais para resolver”, contou.

Eduardo Salles e Herzem Gusmão solicitaram ao vice-reitor a elaboração de um estudo que detalhe todos os custos para a instalação dos cursos. “Só poderemos agir efetivamente depois que soubermos o valor para o governo investir”, falou o presidente da Comissão de Educação.

Talamira Brito, pró-reitora da UESB, Márcia Lemos, presidente da ADUSB (Associação dos Docentes da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia) e “Tarugão”, vereador de Itapetinga.