Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "Maragojipe"

19 de agosto de 2016, 10:59

Eduardo Salles sugere a ministro manutenção de plataformas da Petrobras no estaleiro de Maragojipe

IMG_0212

Desde que o Estaleiro Enseada do Paraguaçu suspendeu suas atividades, em função de problemas enfrentados pela Petrobras e Sete Brasil, cerca de sete mil trabalhadores perderam o emprego em Maragojipe.

Após debater o assunto com o vice-prefeito de Maragojipe, Ademar Novaes e técnicos do setor, o deputado estadual Eduardo Salles solicitou, em audiência nesta quinta-feira (18), em Brasília, com o ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Filho, a utilização do Estaleiro São Roque do Paraguaçu para o serviço de manutenção das plataformas da Petrobras.

“Essa medida permitia a retomada de aproximadamente 2.000 postos de trabalhando, diminuindo o caos social instalado em Maragojipe após a paralisação das atividades por parte do Estaleiro Enseada”, explicou Eduardo Salles.

O deputado mostrou ao ministro que o Estaleiro São Roque do Paraguaçu realizava anteriormente o serviço de manutenção das plataformas da Petrobras. “Seria uma retomada”, acrescentou.

Fernando Bezerra Filho gostou da ideia e explicou que precisa de um documento apresentando detalhadamente a proposta. “Vou providenciar o documento e apresentar o mais rápido possível”, garantiu Eduardo Salles.

24 de setembro de 2015, 18:08

Desemprego assustador na região de Maragojipe é tema de sessão especial na Assembleia Legislativa

Plenário 2

Eduardo Salles participou e presidiu, na manhã desta quinta-feira (24), a sessão especial solicitada pelo deputado Hildécio Meireles, que teve como foco maior a paralisação das obras do estaleiro Enseada do Paraguaçu.

Humberto Rangel, diretor de Relações Institucionais da Enseada, iniciou a sessão detalhando a performance do estaleiro ao longo do processo de implantação, a partir de 2012. O estaleiro foi obrigado a paralisar as obras, interromper atividade industrial e demitir quase 7 mil trabalhadores. Hoje, a empresa registra menos de 300 funcionários, que cuidam apenas de atividades administrativas e preservação dos equipamentos. 82% das obras já foram concluídas e foram investidos R$ 2,6 bilhões, de um total de R$ 3,2 bilhões.

Durante sua fala no plenário, o deputado estadual fez duas propostas para minimizar e buscar a médio prazo resolver o problema. A primeira proposta foi a realização de uma audiência, sob a tutela do deputado Hildécio Meireles e a ajuda do deputado Rosemberg, com a diretoria da Petrobras, para pedir reativação imediata do antigo estaleiro São Roque, que entre 2.004 e 2.013 chegou a empregar 2 mil pessoas construindo plataformas para a Petrobrás, como a PR-1. A priorização da Petrobrás para a desmontagem e construção de novas sondas no antigo estaleiro São Roque poderia minimizar essa crise neste momento.

A segunda proposta é de ir a todas as instâncias em Brasília, todos os membros da comissão de infraestrutura e todos os deputados estaduais, federais e senadores da Bahia interessados no assunto, para que seja feita uma peregrinação pelos órgãos do governo federal e Ministérios diretamente envolvidos na questão para sensibilizar os gestores e exigir uma solução rápida para isso. Segundo consenso geral, essa solução seria a cessão definitiva pela empresa Sete Brasil do contrato para a empresa Japonesa Kawasaki, para que as obras possam ser finalizadas e a construção das encomendas feitas pela Petrobrás sejam efetivadas. “Maragojipe e municípios vizinhos têm que ter uma atenção especial de todos os deputados e senadores baianos, independente de sigla partidária”, afirmou Eduardo Salles.