Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "licitação"

29 de agosto de 2016, 11:12

Divulgado edital para retomada das obras do campus do IF Baiano de Xique-Xique

WhatsApp Image 2016-08-29 at 14.17.50(1)

No último dia 17, o IF (Instituto Federal) Baiano divulgou edital para processo licitatório de contratação da empresa responsável pela conclusão do bloco pedagógico e projeto de implantação e guarita dos campi de Xique-Xique e Itaberaba.

Presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado estadual Eduardo Salles recebeu no último mês de fevereiro o reitor do IF Baiano, Geovane Nascimento, e o diretor do campus de Xique-Xique, Carlindo Rodrigues, que solicitaram a ajuda do parlamentar para conseguir a retomada das obras.

“Como deputado representante do município, tenho muito interesse em ver o IF Baiano funcionando e criando oportunidades para os jovens de Xique-Xique. Por isso, desde que fui procurado, me empenhei para que pudéssemos retomar as obras”, explicou.

O parlamentar também participou de reunião, há cerca de dez dias, no gabinete do vice-governador João Leão, juntamente com o reitor Geovane Nascimento que aproveitou para agradecer o apoio de João Leão e Eduardo Salles no projeto de construção desta unidade do IF Baiano.

“O deputado estadual Luiz Augusto também se juntou à nossa batalha por ser representante político de Itaberaba”, acrescentou Eduardo Salles

Em maio, Eduardo Salles e Geovane Nascimento participaram no Ministério da Educação da cerimônia de autorização e funcionamento dos campi de Xique-Xique, Itaberaba e Alagoinhas. Na prática, a medida permitiu a liberação de recursos para a retomada das obras.

A construção da sede própria do IF Baiano está paralisada porque a empresa que venceu a licitação declarou falência e suspendeu os trabalhos.

“A retomada da obra da Rua 6, o Centro de Comercialização de Animais e agora o IF Baiano são compromissos que eu, o vice-governador João Leão, o deputado federal Cacá Leão e o nosso grupo político assumimos com a população de Xique-Xique e estamos conseguindo realizar”, concluiu Eduardo Salles.

18 de junho de 2016, 09:04

Empresa vencedora da licitação da ponte do Pontal faz mobilização para iniciar a obra

IMG-20160617-WA0048

A sonhada nova ponte do Pontal começa a se tornar realidade. A licitação foi homologada em maio e na última quarta-feira (15) o governo do estadual assinou o contrato com a empresa, que já começou a mobilização do serviço. Nesta sexta-feira (17), em visita a Ilhéus para participar da cerimônia de entrega de nove viaturas à Polícia Militar do município, o deputado estadual Eduardo Salles foi ao canteiro de obras e testemunhou o trabalho de sondagem do solo.

“É muito bom vir a Ilhéus e perceber que a cidade tem muitas obras de infraestrutura que vão mudar a cara da cidade. A nova ponte do Pontal é um sonho. Sei que houve problemas que atrasaram o serviço. Mas foram situações em que o poder público não teve culpa”, declarou Eduardo Salles.

A obra está orçada em R$ 98 milhões (valores de 2015). Nas contas do governo estadual já foram depositados R$ 45 milhões provenientes de convênio com o BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

Neste mês de junho, no Pontal, a Secretaria Estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, por meio da EMBASA, inicia as obras, no valor de R$ 51,3 milhões do sistema de esgotamento sanitário do bairro. A previsão de conclusão dos trabalhos é novembro de 2018.

Conseguidas após solicitação de Eduardo Salles na CAR (Companhia de Ação e Desenvolvimento Regional), as 40 barracas padronizadas entregues à associação de economia criativa do Pontal têm movimentado o local. “Todas as noites, com excelente público, temos comercialização de artesanato e chocolates regional”, comemorou o deputado. O total de barracas entregues foi 115.

ESTRADAS

Solicitadas por Eduardo Salles e o prefeito Jabes Ribeiro ao governador Rui Costa, em audiência ocorrida em maio, chegaram a Ilhéus uma motoniveladora e uma retroescavadeira, cedidas pela SEINFRA (Secretaria Estadual de Infraestrutura), para, em parceria com a Prefeitura, realizar a recuperação das rodovias que ligam União Queimada ao distrito de Inema e Posto Santo Antônio ao Banco Central.

SAÚDE

Eduardo Salles aproveitou a passagem por Ilhéus para conferir as obras do Hospital Regional da Costa do Cacau. “Fiquei muito feliz com o que vi. O trabalho está bem adiantado e já começou a instalação da tubulação de ar condicionado”, observou o parlamentar.

O investimento de R$ 77,5 milhões vai oferecer 179 leitos e beneficiar 780 mil pessoas de 27 municípios da região. Na segunda etapa, com aporte de mais R$ 14 milhões, a capacidade será expandida para 233 leitos, com 30 UTI (Unidades de Terapia Intensiva), centro cirúrgico com sete salas, além de setores de hemodinâmica e imagenologia.

MORADIA

Mais uma parada do deputado estadual foi no bairro da Vitória, onde a Prefeitura de Ilhéus conseguiu com o governo federal a construção de 600 unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida. No bairro Couto, mais 2.120 residências do programa serão entregues.

24 de maio de 2016, 06:07

Nova licitação da ponte do Pontal é homologada e governo assina contrato na próxima semana

nova-ponte-ilhéus-pontal

O governador Rui Costa recebeu nesta segunda-feira (23), em Salvador, o prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro, e o deputado estadual Eduardo Salles, para audiência. Na pauta da reunião, mobilidade urbana, infraestrutura, abastecimento de água e saneamento básico.

O primeiro assunto abordado foi a homologação da licitação da nova ponte do Pontal. O prefeito e o deputado procuraram informações com Rui Costa em relação aos próximos passos do governo estadual. Rui Costa explicou à dupla que o contrato deve ser assinado até o final da próxima semana.

“O governador solicitou ao secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, que ele imponha à empresa vencedora da licitação um cronograma de obra sem interrupção”, informou Jabes Ribeiro.

A nova licitação está orçada em R$ 98 milhões (valores do ano passado), mas o governo estadual já tem depositado em suas contas R$ 45 milhões, recursos provenientes do BNDES. “A primeira empresa desistiu em função de dificuldades financeiras. Não foi culpa do governo estadual”, lembrou Eduardo Salles.

Rui Costa revelou ao prefeito e ao deputado que não pretende assinar ordem de serviço. “O governador sabe do anseio da população e vai visitar a obra apenas quando ela já estiver em andamento”, disse o parlamentar.

Jabes Ribeiro contou ao governador que enquanto a nova ponte não ficar pronta, pretende lançar em breve licitação para uma alça na antiga ponte do Pontal. “A ideia é desviar os veículos pesados para outra rota”, esclareceu o prefeito, que pediu ajuda do governador.

ESTRADAS

O pedido feito por Eduardo Salles e Jabes Ribeiro ao governador foi parceria entre o governo estadual e a Prefeitura de Ilhéus para a recuperação de duas BAs: União Queimada ao distrito de Inema e Posto Santo Antônio ao Banco Central.

“Nossa ideia é que o governo estadual ceda as máquinas do extinto DERBA para realizarmos o serviço”, conta Eduardo Salles. “As rodovias precisam ser recuperadas”, afirmou Jabes Ribeiro. O governador solicitou a Cavalcanti analisar a disponibilidade das máquinas para cedê-las o mais rápido possível.

ABASTECIMENTO DE ÁGUA

Após relato feito por Eduardo Salles e Jabes Ribeiro sobre a situação de abastecimento de água em Ilhéus, o governador ligou para o presidente da EMBASA, Rogério Cedraz, que informou concluir na próxima semana o serviço de entroncamento para captação de água oriunda da Mata da Esperança.

A água vai servir para abastecer uma população da dimensão do bairro Teotônio Vilela, o mais populoso de Ilhéus. “Infelizmente é uma medida paliativa. O governo está procurando a solução, mas precisamos muito das chuvas para encher nossos reservatórios”, comentou o prefeito.

ESGOTAMENTO SANITÁRIO

O último assunto abordado pela dupla com o governador foi a obra de esgotamento sanitário no bairro Ponta. “Rui Costa nos confirmou que os recursos estão garantidos porque são provenientes de empréstimo da Caixa Econômica Federal, e não do Orçamento Geral da União. Falta apenas alguns trâmites burocráticos de garantia exigidos”, concluiu Eduardo Salles.