Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "Juazeiro"

11 de julho de 2016, 14:07

Curaçá ganha nova viatura e Eduardo Salles solicita outra exclusiva para o distrito de Riacho Seco

13599856_867216393410506_6150595888241590078_n

Em cerimônia nesta segunda-feira (11), em Juazeiro, o deputado estadual Eduardo Salles acompanhou o governador Rui Costa, o secretário estadual de Segurança Pública, Maurício Barbosa, e comandante-geral da Polícia Militar, coronel Anselmo Brandão, no ato de entrega de uma viatura da PM para Curaçá.

“Eu e o prefeito Carlinhos Brandão, que não pôde comparecer hoje em função da legislação eleitoral, solicitamos, em audiência com o secretário Maurício Barbosa, a renovação da frota de Curaçá”, lembrou Eduardo Salles.

“A segurança pública hoje é uma das maiores preocupações da população. Eu, como representante político de Curaçá, vou procurar sempre levar equipamentos e ações que permitam à população mais tranquilidade”, garantiu o deputado estadual.

Eduardo Salles aproveitou a cerimônia para solicitar ao coronel Anselmo Brandão uma viatura exclusiva para o distrito de Riacho Seco. “O local tem característica de município. Há dinheiro correndo na economia, em função do trabalho dos agricultores irrigados, faz divisa com Pernambuco, as estradas não são asfaltadas e está muito distante da sede de Curaçá”, justificou.

“Essa é uma demanda da população de Riacho Seco e uma solicitação que o prefeito, vereadores e pré-candidatos a vereadores da região me pediram para fazer ao coronel Anselmo Brandão”, explicou o parlamentar.

“O comandante-geral nasceu em Juazeiro e sabe bem as demandas desta região. Ele me garantiu que em breve o distrito de Riacho Seco vai ganhar uma viatura para atuar exclusivamente no local”, comemorou Eduardo Salles.

INVESTIMENTO

Eduardo Salles participou também da inauguração da nova sede da 76ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar), que será inserida no projeto de construção do DISEP (Distrito Integrado de Segurança Pública), equipamento que reúne em um só lugar as polícias Civil e Militar, além da entrega de 17 viaturas para oito municípios, entre eles Juazeiro, Curaçá, Sento Sé, Sobradinho, Casa Nova, Pilão Arcado, Remanso e Campo Alegre de Lourdes.

21 de junho de 2016, 11:33

Eduardo Salles apresenta denúncia ao MPE cobrando melhoras das operadoras de telefonia em 30 municípios

 

DSCN2555

Com a intenção de melhorar a qualidade dos serviços de telefonia móvel na Bahia, o deputado estadual Eduardo Salles apresentou nesta terça-feira (21) denúncia ao MPE (Ministério Público Estadual) contra as operadoras Vivo, Tim, OI e Claro em 30 municípios do Estado. O parlamentar alega que as empresas falham na prestação de serviços essenciais e o atendimento aos assinantes é deficiente.

O deputado denunciou as operadoras por má prestação de serviços em Baixa Grande, Planaltino, Curaçá, Paratinga, Lagedo do Tabocal, Mucugê, Barra do Choça, Bom Jesus da Lapa, Xique-Xique, Tapiramutá, Ipiaú, Ilhéus, Ibirataia, Ponto Novo, Rio Real, Bonito, Luís Eduardo Magalhães, Piritiba, Caatiba, Itanhém, Juazeiro, Morro do Chapéu, Casa Nova, Itaguaçu da Bahia, Nazaré, Riachão do Jacuípe, Amargosa, Santana, Itaetê e Maraú.

“As operadoras têm descumprido obrigações legais e causam danos materiais e morais a milhares de consumidores”, reclamou Eduardo Salles. “Aqui na Bahia, principalmente no interior, é comum enfrentar problemas, como sinal inconstante, ligações que não são completadas e mau funcionamento da internet 3G”, acrescentou o deputado.

A denúncia protocolada pelo parlamentar requer punição às quatro empresas por não prestarem o serviço contratado e oferecerem atendimento de má qualidade. Eduardo Salles solicita ainda a instalação de antenas nos municípios e seus distritos.

“As operadoras são concessionárias de serviço público, portanto, têm obrigação de oferecer serviço de qualidade”, alertou Eduardo Salles.

DESCUMPRIMENTO DE CRONOGRAMA

Em 2015, Eduardo Salles ofereceu representação no MPE contra a Claro. A justificativa é que a operadora descumpriu o cronograma de cobertura de telefonia celular e fixa e dados na área rural na Bahia, conforme determina o edital vencido pela empresa em dezembro de 2012 e o TAC (Termo de Ajuste de Conduta) assinado em 2014 após a CPI da Telefonia realizada na Assembleia Legislativa da Bahia.

“Eu quero que a Claro cumpra o que determina a licitação que ela venceu. Estou cobrando apenas o cumprimento do que foi assinado pela empresa. O edital tem que ser honrado. A população baiana não pode ficar no prejuízo”, cobrou Eduardo Salles.

18 de maio de 2016, 14:18

Sessão debate em Juazeiro saídas para abastecimento de água de municípios servidos por adutora da Caraíba

 

20492c53-a864-467d-8d8e-dee4f66bf51c

O auditório da Câmara de Vereadores de Juazeiro ficou tomado nesta quarta-feira (18) durante a sessão especial da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa, que ocorreu no município do norte da Bahia.

O tema principal da sessão foi o abastecimento de água de cerca de 100 mil moradores de comunidades rurais de Juazeiro, Curaçá, Jaguarari, Andorinhas, Monte Santo e Uauá.

Esses municípios dependem da água da adutora, de propriedade privada da Mineração Caraíba. São 80 quilômetros de extensão, 800 milímetros de diâmetro e milhares de pequenos agricultores e pecuaristas produzindo ao longo da adutora.

Membro da Comissão de Agricultura, Eduardo Salles propôs marcar audiência, “o mais rápido possível” com o ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Filho, que conhece a região. A intenção do parlamentar é sensibilizá-lo a defender, junto a ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), a diferenciação da tarifa de energia elétrica para agropecuaristas, consumidor residencial e mineradora.

Há três meses a Mineradora aumentou o valor do metro cúbico cobrado aos produtores de 17 para 38 centavos. A expectativa é que com o reconhecimento da ANEEL, dos múltiplos usos da água da adutora, os valores fiquem na faixa dos 10 centavos cobrados pelos perímetros irrigados da região.

Outro ponto defendido por Eduardo Salles foi audiência com o governador Rui Costa e os secretários estaduais, da Casa Civil, Bruno Dauster, e Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, Agricultura, Vítor Bonfim, e Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, para encontrar uma forma de seguir o abastecimento de água realizado pela adutora da Mineração Caraíba .

“Essas pessoas não podem viver essa instabilidade em relação à possibilidade de fechamento da mineradora ou se ela vai aumentar os valores de forma absurda. Ou até resolver não mais fornecer água aos consumidores “, reclamou o deputado.

A sessão para debater o assunto foi de autoria do deputado estadual Zó, que alertou o fato de a possibilidade de suspensão do fornecimento de água pela adutora da Caraíba Mineradora gerar desemprego. “A agropecuária é o motor da economia do Vale do São Francisco”, disse.

O secretário estadual de Agricultura, Vítor Bonfim, colocou o órgão à disposição dos agricultores para ajudar na resolução do problema.

A sessão foi conduzida pelo presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia, deputado Roberto Carlos. A mesa foi composta por Oziel Oliveira, diretor da ADAB (Agência de Defesa Agropecuária da Bahia), José Ailton, superintendente da CODEVASF, Damião Medrado, presidente da Câmara, o secretário Municipal de Agricultura, Jorge Cerqueira, Genivaldo Júnior, representante dos agricultores, Emerson José, presidente do Sindicato dos Trabalhadores, Luís Vicente Berti, prefeito de Sobradinho, e Jacinto Nunes, representante da Caraíba Mineradora.

Os vereadores Anderson da Iluminação (Juazeiro) e Adão, Januário e Beto (Curaçá) também marcaram presença.

18 de maio de 2016, 08:27

Expovale é aberta em Juazeiro e reúne 150 expositores de ovinos e caprinos

expovale 1

Mais de 30 mil pessoas são esperadas para acompanhar a 10ª Expovale (Exposição de Caprinos e Ovinos do Vale São Francisco), aberta na noite desta terça-feira (17). O deputado estadual Eduardo Salles participou da cerimônia da primeira noite da feira, que pretende movimentar R$ 1 milhão em negócios com caprinos e ovinos até domingo (22), último dia do evento.

“A Bahia merece um evento como esse”, declarou Eduardo Salles, que lembrou sua ajuda para consolidar a feira desde a época em que era secretário estadual de Agricultura. “Esse trabalho tem trazido uma enorme melhoria genética ao rebanho do Vale do São Francisco”, complementou o parlamentar.

A Expovale vai reunir criadores do Nordeste, técnicos, profissionais, estudantes e empresas do ramo em um espaço de 5.000 metros quadrados, às margens do rio São Francisco, que vai receber 150 expositores e aproximadamente 1.500 animais.

Considerada uma das maiores exposições de caprinos e ovinos do Brasil, o evento pretende estimular e fortalecer a atividade pecuária em setores da cadeia produtiva, necessários para o desenvolvimento sustentável do Vale do São Francisco, que possui metade do rebanho de caprinos e ovinos da Bahia.
Membro da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa da Bahia, Eduardo Salles vê na Expovale a oportunidade de expandir a atividade em todo o estado. “É uma forma de reunir os melhores criadores, conhecer novas tecnologias, permitir trocas de experiências, movimentar a economia e fortalecer a atividade na Bahia”, apontuou o deputado.

O parlamentar lembrou que o estado tem o maior rebanho de caprinos do Brasil e o segundo de ovinos do país.

“Acredito que podemos seguir fomentando políticas públicas de forragem, abastecimento de água, melhoria genética do rebanho e vias de escoamento da produção para reforçar a ovinocaprinocultura da região. Como deputado comprometido com a agropecuária, os produtores podem contar com meu apoio incondicional”, garantiu Eduardo Salles.

No Brasil, 90% do rebanho de ovinos e caprinos estão na região Nordeste, abrangendo uma área de 166,2 milhões de hectares, dos quais 95,2 milhões (57%) estão inseridos na zona semiárida. As microrregiões geográficas de Juazeiro (BA), Euclides da Cunha (BA), destacam-se como principais produtoras de caprinos. No caso dos ovinos, as microrregiões de Juazeiro, Euclides da Cunha e Serrinha são as principais produtoras, segundo levantamento do CONAB (Companhia Nacional de Abastecimento).

A Expovale é organizada pela Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento de Juazeiro e a ACCOSSF (Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos do Sertão do São Francisco).

O Programa Crabra Produtiva Rota do Leite, criado pela Secretaria Estadual de Agricultura em parceria com a ACCOSSF, foi lançado oficialmente. Logo depois ocorreu a noite de degustação de queijos feitos com leite de cabra.

Estavam presentes na cerimônia de abertura o prefeito Isaac Carvalho, o secretário estadual de Agricultura, Vítor Bonfim, o presidente da ADAB (Agência de Defesa Agropecuária da Bahia), Oziel Oliveira, o superintendente da CODEVASF, José Ailton Carneiro, os deputados estaduais Zó e Roberto Carlos, dos vereadores de Juazeiro, Dalmir Pedra e Anderson da Iluminação, do presidente da SUDIC, Jairo Vaz, o secretário municipal de Agricultura, Jorge Cerqueira, o secretário municipal de Finanças, Edvan Gonçalves, dos diretores da ACCOSSF, Zilton Alves, Juvêncio e Salvador e outras lideranças.

26 de abril de 2016, 17:45

Reunião em Juazeiro é proposta para debater captação de água caso a Mineração Caraíba encerre as atividades

DSCN1339

A possibilidade de encerramento das atividades da Mineradora Caraíba, instalada no município de Jaguarari, foi abordada pelo deputado estadual Zó na sessão desta terça-feira (26) da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa da Bahia.

O medo do parlamentar é que a empresa encerre suas atividades e paralise a captação de água feita em sua adutora, gerando problemas no abastecimento de água ao longo de seus 86 quilômetros de extensão, afetando distritos e povoados dos municípios de Juazeiro, Jaguarari, Uauá, Andorinha, Curaçá e Monte Santo.

Zó propôs que no dia 18 de maio, durante a realização da Expovale, em Juazeiro, os parlamentares da Comissão de Agricultura participem de reunião com os secretários estaduais de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, da Agricultura, Vítor Bonfim, e do Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, para discutir as questões sobre o possível fechamento da Mineradora Caraíba e começar a traçar planos com o intuito de evitar a suspenção do abastecimento nos municípios.

A proposta foi apoiada pelo deputado estadual Eduardo Salles. “Quando fui secretário estadual de Agricultura, trabalhei muito pela manutenção desta adutora e também para evitar o aumento dos preços cobrados justamente por entender a importância dela para milhares de pessoas”, disse o parlamentar. “Apoio a iniciativa de Zó e estarei atento para que a população rural não seja prejudicada”, acrescentou o parlamentar.

“Vou ajudar o colega Zó a mobilizar os secretários para realizarmos a reunião e participar dessa audiência na Expovale”, garantiu Eduardo Salles.

O secretário de Agricultura de Juazeiro, Jorge Siqueira, participou dos debates na Comissão de Agricultura.

19 de fevereiro de 2016, 15:11

Presidente autoriza equipar galpão para triplicar produção de Aedes aegypti transgênico em Juazeiro

Eduardo, Rui e Dilma em Juazeiro

Em 2009, numa conversa durante o voo de Salvador até Petrolina, entre o ex-secretário estadual de Agricultura, Roberto Muniz, o então chefe de gabinete e hoje deputado estadual, Eduardo Salles, e o presidente da Moscamed, Aldo Malavasi, surgiu a ideia de produção do Aedes aegypti transgênico como forma de controle natural do mosquito em Juazeiro. A intenção era aplicar a mesma lógica de combate à mosca-da-fruta.

“Estimulamos o governo e participamos de uma primeira reunião dos técnicos da Moscamed nas secretarias estaduais de Saúde e de Ciência e Tecnologia, em 2011″, revela Eduardo Salles.

As secretarias assinaram um convênio com a Moscamed e desta forma começou a produção de mosquitos Aedes aegypti transgênicos na biofábrica em Juazeiro.

O processo consiste na utilização de mosquitos machos de uma linhagem de transgênica para combater o mosquito transmissor do vírus da Dengue, Zica e  Chikungunya. Cientistas ingleses introduziram um gene (unidades de características hereditárias) no mosquito Aedes aegypti, responsável pela produção de uma proteína. Em altas doses, essa proteína impossibilita o desenvolvimento da prole desses mosquitos, ou seja, eles não serão capazes de chegar à fase adulta, e, por isso, não conseguirão transmitir a doença.

Nesta sexta-feira (19), Eduardo Salles acompanhou a presidente Dilma Rousseff, o governador Rui Costa, o ministro da Casa Civil, Jaques Wagner, o secretário-executivo do Ministério da Saúde, Agenor da Silva, o prefeito Isac Carvalho, o deputado estadual Zó, e o deputado federal e presidente da Comissão de Saúde da Câmara, Antônio Brito, que foram conhecer a biofábrica.

A presidente autorizou o Ministério da Saúde equipar um galpão da Moscamed onde funcionaria a produção de mudas de palma. “Em função do risco de milhares de vidas humanas, sem dúvida essa decisão do governador de cessão provisória do galpão vai nos poupar cerca de um ano para a ampliação da produção de mosquitos e, consequentemente, pouparemos vidas”, comemorou Salles.

Com os equipamentos no galpão, a produção de mosquito transgênico vai aumentar de quatro milhões para 12 milhões semanalmente.

“Esses Aedes aegypti transgênicos serão soltos inicialmente nos bairros com maior infestação em 14 municípios baianos”, explicou o técnico da Moscamed, Jair Fernandes.

Ainda em juazeiro, Eduardo Salles, presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia, participou da entrega da 14ª creche construída pelo prefeito Isaac Carvalho. “Serão beneficiadas 120 crianças”, celebra o parlamentar.

A inauguração mereceu parabéns do governador. “Aqui em Juazeiro, das 15 creches que a Prefeitura conseguiu com o governo federal, 14 já estão construídas e sendo utilizadas pelas crianças”, disse Rui Costa.

O prefeito de Curaçá, Carlinhos Brandão, os vereadores de Juazeiro, Anderson da Iluminação e Dalmir Pedra, também secretário municipal de Saúde, o vereador de Sobradinho, Jaques Cantoril, e outras lideranças políticas, participaram dos eventos.

21 de novembro de 2015, 15:42

Eduardo Salles marca presença em Juazeiro, no programa Saúde sem Fronteiras

12274202_10200878574843355_2867325640094695031_n

Neste sábado (21), o deputado Eduardo Salles participou do programa Saúde Sem Fronteiras, em Juazeiro, ao lado do secretário estadual de Saúde, Fábio Villas-Boas, do secretário municipal do município, Dalmir Pedra, e do prefeito Isaac Carvalho, além do gestor de Curaçá, Carlinhos Brandão.

Estão previstas 2 mil cirurgias de catarata e 12 mil atendimentos da população de todos os municípios da macrorregião, com diagnósticos de câncer de mama, glaucoma, doação de sangue, credenciamento de doação de medula óssea e atendimentos odontológicos. O evento teve início dia 18 e segue até o dia 24 de novembro.

Há cerca de um mês, o deputado solicitou, em audiência com Vilas-Boas, a vinda do programa para Juazeiro. Além dessa solicitação, Salles demandou a realização de cirurgias ortopédicas plenas no Hospital Regional de Juazeiro. A demanda foi autorizada pelo secretário de saúde do estado. A última demanda, também atendida, foi a contratação emergencial e o conserto do tomógrafo do Hospital Regional, que se encontrava quebrado há dois anos.

 

18 de novembro de 2015, 11:15

Eduardo Salles e secretário estadual de Saúde visitam Programa Saúde Sem Fronteiras em Juazeiro

dalmir fabio eduardo

O deputado Eduardo Salles e o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, estarão em Juazeiro neste sábado (21) para acompanhar o secretário municipal Dalmir Pedra durante o Programa Saúde Sem Fronteiras.

A partir desta quarta-feira (18), serão oferecidos serviços de rastreamento de câncer de mama, odontologia, oftalmologia e doação de sangue para a população de toda a região, o que inclui ainda os municípios de Casa Nova, Sobradinho, Sento Sé e Curaçá, dentre outros. A expectativa da SESAB (Secretaria de Saúde do Estado da Bahia) é que mais de 12 mil pessoas sejam atendidas.

Em outubro, Eduardo Salles e Dalmir Pedra estiveram em audiência com o secretário Vilas-Boas solicitando a inclusão do município de Juazeiro na agenda no programa. “Fico feliz de ver nossas solicitações se tornando realidade e melhorando a vida da população”, comemora o parlamentar.

“O Programa Saúde Sem Fronteiras foi solicitado por mim, juntamente com o secretário Dalmir Pedra, durante audiência com Fábio Vilas-Boas no mês passado, tendo o apoio decisivo do prefeito Isaac Carvalho, do meu colega deputado Zó, dos deputados federais Mário Júnior e Daniel Almeida e das lideranças dos amigos Flávio Luiz e o vereador Anderson da Iluminação, entre outros amigos de Juazeiro, Curaçá, Sobradinho, Casa Nova e Sento Sé”, celebra Eduardo Salles.