Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "fórum cacau bahia"

21 de novembro de 2017, 17:56

Fórum discute estratégias para desenvolvimento do cacau na Bahia

índice1

O deputado estadual e presidente da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa da Bahia, Eduardo Salles, participou, na manhã desta terça-feira (21), do Fórum Cacau Bahia 2035 – Estratégias para um novo momento do cacau na Bahia.  O evento, organizado pela SDE (Secretaria de Desenvolvimento Econômico) e SDR (Secretaria de Desenvolvimento Rural) , discutiu sobre a importância da cadeia produtiva do cacau para a Bahia, a preservação da Mata Atlântica e ações desenvolvidas para os pequenos agricultores familiares.

Para o deputado, o Fórum representa um crescimento no cenário da produção do cacau em Ilhéus e toda região sul da Bahia. “A estruturação da cadeia produtiva do cacau é fundamental para o desenvolvimento econômico e social de toda a região cacaueira. A verticalização da cadeia agrega valor ao cacau e gera empregos diretos. Há cinco anos só tínhamos duas marcas de chocolate gourmet na Bahia”, explica Eduardo Salles. Atualmente a Bahia soma 48 marcas de chocolate gourmet.

Na oportunidade, foram validados o Sistema e Arranjo Produtivo Local (APL) do Cacau e Chocolate, uma portaria para beneficiar produtores do cacau cabruca – sistema que permite a preservação da Mata Atlântica – e um plano de trabalho que está sendo executado pelos atores da cadeia produtiva do cacau, como produtores, agricultores, acadêmicos, cientistas, entres outros, para que sejam formuladas políticas públicas para beneficiar o setor cacaueiro da Bahia. Além disso, também teve degustação com 40 marcas de chocolates produzidos no estado e a definição da Rota Turística do Cacau.

“O cacau da Bahia vive um novo ciclo na sua história. Esse Fórum agrega todos os agentes da cadeia produtiva. Do plantio através do sistema cabruca, para a preservação da Mata Atlântica, à produção industrial em larga escala, passando por pequenos agricultores familiares e a diversificação de produtos”, disse o secretário de Desenvolvimento Econômico da Bahia, Jaques Wagner.

Eduardo Salles lembra sobre a criação das câmaras setoriais, na época em que esteve secretário estadual de Agricultura. “Durante a gestão, juntamente com o então governador da Bahia, Jaques Wagner, criamos as câmaras setoriais, que foram lembradas em diversos discursos na abertura do evento. Naquela altura, a câmara setorial do cacau fez algumas propostas e, neste momento, como o assunto é dinâmico, são necessários ajustes constantes, para que tenhamos novas estratégias para esse momento do cacau”, conclui.