Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "Eventos"

24 de setembro de 2015, 20:01

Deputado faz entrega de sementes de Crotalária juncea, leguminosa que combate o mosquito da dengue de forma natural

Eduardo Salles e equipe Paso Ita

Eduardo Salles e equipe Paso Ita

Prefeitos e secretários de Agricultura de 17 municípios baianos receberam, nesta quinta-feira (24), sementes de Crotalária juncea, leguminosa cuja flor atrai a libélula, predadora do mosquito Aedes aegypti, que transmite dengue, zika e chikungunya. “A ideia é combater o mosquito de forma natural” explica o deputado Eduardo Salles.

A distribuição das sementes é fruto de uma parceria do parlamentar com a empresa Paso Ita Gramíneas e Leguminosas. “Nessa primeira etapa priorizei os municípios onde fui votado”, conta Salles. A cerimônia de entrega aconteceu no auditório da COOPMAC (Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense), em Vitória da Conquista.

Foram beneficiados os municípios de Xique-Xique, Barra do Choça, Ilhéus, Rio Real, Tapiramutá, Ibirataia, Maraú, Bonito, Curaçá, Ipiaú, Paratinga, Bom Jesus da Lapa, Ponto Novo, Itaetê, Lajedo do Tabocal, Planaltino e Caatiba. Cada um deles recebeu três sementes por habitante.

COMO FUNCIONA
A coloração amarela da flor da Crotalária juncea atrai a libélula, que, além de se alimentar do mosquito Aedes aegypti, coloca seus ovos na mesma água. “As larvas da libélula também comem as larvas do mosquito. Assim podemos prevenir as doenças transmitidas por ele e diminuir o número de casos”, diz o deputado.

TREINAMENTO
Os representantes dos 17 municípios receberam treinamento sobre o processo de transformação das sementes em mudas e aprenderam sobre os cuidados com a planta e manutenção da espécie nos canteiros, jardins e terrenos onde a Crotalária juncea for plantada.

“Ela floresce depois de 90 dias”, explica o coordenador técnico da Paso Ita, Eduardo Patrício, que instruiu os presentes. “É uma planta que se adapta facilmente a diferentes climas”, completa.

15 de setembro de 2015, 14:08

Ministro garante prorrogação da Portaria 210, que evita inclusão de agricultores no CADIN

agropec dia 2
No segundo dia do AGROPEC Semiárido, nesta terça-feira (15), no Hotel Fiesta, em Salvador, o ministro da Integração Nacional, Gilberto Occhi, garantiu ao deputado estadual Eduardo Salles a prorrogação da Portaria 210, que tira o nome dos agricultores do CADIN (Cadastro Informativo de Créditos Não-Quitados do Setor Público Federal) até o órgão federal realizar a renegociação das dívidas fundiárias com os produtores. O prazo encerra dia 2 de outubro.

Será a segunda vez que o Ministério da Integração Nacional prorroga o prazo neste ano. O primeiro encerrou no último dia 31 de agosto, após o deputado Eduardo Salles ir a Brasília fazer o pedido ao ministro. “Os agricultores querem pagar, mas é preciso que ocorra a renegociação”, explica o parlamentar.

O produtor que tem sem nome incluído no CADIN não consegue acesso a créditos nas instituições financeiras.

Gilberto Occhi também afirmou a Eduardo Salles que a compra dos flutuantes, equipamentos para bombear água ao Lago de Sobradinho quando ele chegar ao volume morto, está no prazo. “Vamos cumprir as datas”, garantiu.

O ministro foi à AGROPEC apresentar um balanço sobre as obras de transposição do rio São Francisco.

14 de setembro de 2015, 12:06

Deputado participa de debate sobre semiárido brasileiro

agropec

A abertura do AGROPEC Semiárido, que aconteceu nesta segunda-feira (14), no Hotel Fiesta, em Salvador, contou com um debate técnico sobre o semiárido brasileiro, região que agrega 1.333 municípios e abrange 56% do território nordestino.

O principal ponto abordado foi a crise hídrica. “Apesar de o Brasil ter 12% de toda a água superficial do mundo, vivemos na iminência de um caos no abastecimento”, diz o deputado Eduardo Salles, que participou do evento.

O presidente da ANA (Agência Nacional de Águas), Vicente Andreu, foi um dos palestrantes do primeiro dia de AGROPEC, que aocntece até amanhã. Em sua fala, Andreu explicou que a previsão do governo para o futuro não é boa. Segundo ele, o os efeitos do El Niño desta temporaada devem trazer estiagem até setembro de 2016.

Preocupado, Eduardo Salles solicitou ao presidente o aumento da vazão de saída da Barragem de Três Marias, em Minas Gerais. “Isso aumentaria o nível de água no Lago de Sobradinho, responsável por oferecer água para irrigação em diversos perímetros do Vale do São Francisco”, explica o parlamentar. A fruticultura irrigada gera mais de um milhão de empregos diretos e indiretos na região.

23 de agosto de 2015, 20:15

Eduardo participa de cavalgada em Rio Real

milho em rio real

Substituição de produção de laranja por milho preocupa Eduardo Salles

O deputado Eduardo Salles participou da 4ª Cavalgada dos Amigos neste domingo (23), em Rio Real. Além de prestigiar o evento, organizado pelo vereador Manoel França, o parlamentar visitou propriedades na região, acompanhado pelo ex-prefeito Carroça.

“Fiquei preocupado em ver a laranja perdendo espaço para o milho nas fazendas de Rio Real. Grande parte do trabalho de produção desse grão é feita por máquinas por máquinas, e, por isso, ela não gera tantos empregos quanto a citricultura”, conta Salles. Rio Real é o maior produtor de laranja da Bahia, mas sua produção caiu 30% com a chegada do milho. “Precisamos criar um programa de incentivo à citrcultura”, sugere o deputado.

UNIVERSIDADE FEDERAL DO NORDESTE DA BAHIA
Durante a visita a Rio Real, Eduardo Salles falou sobre a importância do município sediar uma das audiências públicas que debatem a criação da Universidade Federal do Nordeste da Bahia. “Preciso da ajuda de toda a população nessa luta, independente de bandeira partidária, pois estamos falando sobre o futuro da região”, diz Salles, que é presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia.

06 de agosto de 2015, 16:23

Deputado participa de lançamento do Movimento Compre do Pequeno, do SEBRAE

O SEBRAE (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) lançou, nesta quarta-feira (5), o Movimento Compre do Pequeno Negócio em cerimônia na FIEB (Federação das Indústrias do Estado da Bahia). Eduardo Salles, proponente da Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, participou do evento e considerou a iniciativa ‘maravilhosa’. “Sei o quanto essa ação é importante para a valorização do pequeno negócio e fortalecimento da economia”, elogiou.

O Movimento será celebrado todos os anos no dia 5 de outubro, data em que foi instituído o Estatuto da Micro e Pequena Empresa. O objetivo do projeto é conscientizar a população sobre a importância de comprar do pequeno negócio e mostrar as vantagens desse tipo de comércio. “Comprar do pequeno negócio traz muitos benefícios. Ajuda a valorizar a cultura local, gera empregos e renda e impulsiona a produção de cada região”, explica o diretor do SEBRAE, Lauro Ramos.

PLANOS
À frente da recém-criada Frente Parlamentar da Micro e Pequena Empresa, o deputado Eduardo Salles já sabe qual será a sua primeira missão. “Após a finalização de um estudo técnico que está sendo feito pelo SEBRAE, vamos buscar na Secretaria Estadual da Fazenda o convencimento da importância de ajustar a questão tributária para que possamos estimular ainda mais a compra de produtos da micro e pequena empresa”, explica.

04 de julho de 2015, 14:05

Deputado marca presença em tradicional Festa do Vaqueiro em Curaçá

curaca vaqueiro

04
Vestido a caráter, Eduardo Salles participou da 62ª edição da Festa do Vaqueiro de Curaçá, que marcou as comemorações do aniversário de 183 anos do município. Montado no cavalo e ao lado do prefeito Carlinho Brandão, o deputado percorreu as ruas da cidade e prestigiou a missa em homenagem aos vaqueiros.