Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "Educação"

29 de agosto de 2016, 11:12

Divulgado edital para retomada das obras do campus do IF Baiano de Xique-Xique

WhatsApp Image 2016-08-29 at 14.17.50(1)

No último dia 17, o IF (Instituto Federal) Baiano divulgou edital para processo licitatório de contratação da empresa responsável pela conclusão do bloco pedagógico e projeto de implantação e guarita dos campi de Xique-Xique e Itaberaba.

Presidente da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado estadual Eduardo Salles recebeu no último mês de fevereiro o reitor do IF Baiano, Geovane Nascimento, e o diretor do campus de Xique-Xique, Carlindo Rodrigues, que solicitaram a ajuda do parlamentar para conseguir a retomada das obras.

“Como deputado representante do município, tenho muito interesse em ver o IF Baiano funcionando e criando oportunidades para os jovens de Xique-Xique. Por isso, desde que fui procurado, me empenhei para que pudéssemos retomar as obras”, explicou.

O parlamentar também participou de reunião, há cerca de dez dias, no gabinete do vice-governador João Leão, juntamente com o reitor Geovane Nascimento que aproveitou para agradecer o apoio de João Leão e Eduardo Salles no projeto de construção desta unidade do IF Baiano.

“O deputado estadual Luiz Augusto também se juntou à nossa batalha por ser representante político de Itaberaba”, acrescentou Eduardo Salles

Em maio, Eduardo Salles e Geovane Nascimento participaram no Ministério da Educação da cerimônia de autorização e funcionamento dos campi de Xique-Xique, Itaberaba e Alagoinhas. Na prática, a medida permitiu a liberação de recursos para a retomada das obras.

A construção da sede própria do IF Baiano está paralisada porque a empresa que venceu a licitação declarou falência e suspendeu os trabalhos.

“A retomada da obra da Rua 6, o Centro de Comercialização de Animais e agora o IF Baiano são compromissos que eu, o vice-governador João Leão, o deputado federal Cacá Leão e o nosso grupo político assumimos com a população de Xique-Xique e estamos conseguindo realizar”, concluiu Eduardo Salles.

03 de maio de 2016, 17:12

Deputado propõe conciliação em debate sobre gênero no Plano Estadual de Educação

comissao de edu 2

Deputados estaduais baianos passaram a manhã desta terça-feira (3) em reunião conjunta das Comissões da Assembleia Legislativa da Bahia para discutir o PEE (Plano Estadual de Educação).

O deputado Eduardo Salles, presidente da Comissão de Educação, parabenizou o professor secretário estadual de Educação Osvaldo Barreto e todos os envolvidos na construção do texto. “No plano constam 20 metas ousadas, porém fundamentais para à mudança necessária na educação estadual”, disse.

No entanto, um dos temas do PEE foi alvo de polêmicas e dominou a discussão. Os sub-tópicos 2.16, 3.22 e 15.15, que tratam de diversidade de gênero e sexualidade, geraram discussão entre movimentos sociais e religiosos. “Começamos a observar a intolerância por parte de radicalizações estabelecidas pelos dois lados em função dessa polêmica”, analisa Salles.

Como presidente da Comissão de Educação, o deputado se colocou na posição de conciliador entre as partes. “Intolerância não cabe mais no mundo moderno e em um país democrático como o nosso, porque isso chega a soar como uma ditadura de pensamento”, disse Eduardo Salles, que sugeriu inserir a palavra “respeito” nos tópicos em questão.

Assim, por exemplo, em vez de “estimular que a diversidade cultural, religiosa, de gênero, sexualidade e etnia sejam objeto de tratamento didático-pedagógico”, o sub-tópico 2.16 do PEE passaria a “estimular que o respeito às diferenças sejam objeto de tratamento didático-pedagócio”. A mesma sugestão se aplica aos outros dois sub-tópicos.

“O ideal é que não tenhamos vencidos nem vencedores nesta polêmica. Acho que não é orbigatório ter um lado. O consenso é a palavra-chave”, defede o parlamentar.

A reunião conjunta das Comissões, que teve início às 9h30 desta terça-feira, foi suspensa para almoço e retomada à tarde para conclusão das discussões. “Espero que minha sugestão seja acatada e que consigamos votar o PEE ainda hoje”, diz Salles.

17 de março de 2016, 10:37

Deputado propõe frente de trabalho para ajudar Escola da Família Agrícola de Rio Real

esocla fam agr

O diretor da Escola Família Agrícola de Rio Real, Osmar Pereira, esteve no gabinete do deputado estadual Eduardo Salles nesta quarta-feira (16), acompanhado do vereador Cheiro Brás, para discutir a situação da instituição. A escola, que tem 100 alunos no curso técnico agrícola, passa por dificuldades em vários setores. “Estamos atrasando salários de professores e precisamos de um trator e um poço artesiano”, explicou o diretor.

Eduardo Salles propôs um trabalho conjunto com os demais parlamentares que representam a região. “Vamos enviar ofícios à CAR (Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional) e à CERB (Companhia de Engenharia e Recursos Hídricos da Bahia) solicitando a doação de um trator e perfuração de poço”, sugeriu. “Minha intenção é fazer um movimento apartidário, apenas com a intenção de resolver o problema e garantir o bom funcionamento da escola”, completou o deputado.

Junto com o diretor e o vereador, Salles esteve no gabinete da deputada Fátima Nunes, que aceitou fazer parte do grupo de trabalho, que deverá contar ainda com os deputados Alex Lima, Joseildo Ramos e Neusa Cadore. Soluções a longo prazo e medidas emergenciais necessárias às Escolas da Família Agrícola de todo o estado também serão discutidas no próximo dia 30 de março, em audiência pública na Assembleia Legislativa da Bahia.

26 de fevereiro de 2016, 11:54

Eduardo Salles entra na luta para concluir unidade do IF Baiano em Xique-Xique

imageBuscar recursos para concluir a obra da sede do IF (Instituto Federal) Baiano de Xique-Xique foi uma das pautas da reunião ocorrida nesta quinta-feira (25) entre o deputado estadual Eduardo Salles e o reitor da instituição, Geovane Nascimento, e diretor do campus no município, Carlindo Rodrigues.

O reitor explicou que é necessária a liberação pelo Ministério da Educação de R$ 13 milhões para construção de três prédios: módulo pedagógico, administrativo e laboratórios. “Nossa ideia é que pelo menos o prédio pedagógico seja finalizado o mais rápido possível , porque o setor administrativo poderia ser instalado provisoriamente no local”, disse Geovane.

O IFBaiano oferece vagas de ensino médio, superior e pós-graduação, oferecendo 3055 vagas por ano na Bahia. O instituto está presente em 11 municípios e tem mais três campi em construção. Além de Xique Xique, Itaberaba e Alagoinhas receberão novas unidades.

Em Xique Xique, as obras estão paralisadas após a empresa responsável decretar falência. “Já estamos providenciando uma nova licitação para que a construção seja retomada em breve”, explica o reitor.

Eduardo Salles se prontificou a ajudá-los. “Como deputado representante do município, tenho muito interesse em ver o IFBaiano funcionando e criando oportunidades para os jovens de Xique-Xique”, explicou.

O parlamentar se comprometeu a buscar junto ao deputado federal Cacá Leão o agendamento de audiência com o ministro da Educação e com o prefeito de Xique Xique, Dr. Ricardo Bessa, com o objetivo de encontrar solução para o problema.

LUÍS EDUARDO MAGALHÃES
Outro pedido feito a Eduardo Salles foi a ajuda para instalar um polo inovador do IF Baiano em Luís Eduardo Magalhães. “Atualmente, a região da Bacia do Rio Grande é contemplada apenas pela UNEB. Queremos levar maior oferta de cursos, com foco nas ciências agrárias”, disse Rodrigues.
O deputado se disponibilizou a ajudar o instituto a expandir ainda mais suas atividades e criar o polo de inovação. “É uma ótima oportunidade para a região desenvolver tecnologias e capacitar profissionais”, comemorou o parlamentar.

Na reunião, ficou combinado que o deputado vai marcar audiências com os representantes do IFBaiano e o prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Humberto Santa Cruz, e com associações da região, como AIBA, ABAPA, Fundação Bahia e Sindicato dos Produtores Rurais.

Inicialmente, Eduardo Salles planeja uma parceria com essas entidades para que o primeiro polo seja instalado em suas estruturas e, posteriormente, a busca por uma área para a instalação definitiva.

“O IFBaiano oferece cursos na área de ciências agrárias. A chegada do instituto à Luis Eduardo Magalhães seria uma ótima notícia para os agricultores e suas famílias, que poderão se capacitar para fazer um trabalho cada vez melhor”, diz o deputado.

02 de dezembro de 2015, 17:35

Eduardo Salles participa do 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual

12341303_1664158453866556_6732829014661254428_n

O deputado estadual Eduardo Salles participou na manhã desta quarta-feira (2), como presidente da Comissão de Educação da Assembleia, a convite do secretário de Educação do Estado, Osvaldo Barreto, da abertura do 4º Encontro Estudantil da Rede Estadual.

Durante três dias, 30 mil estudantes da rede pública estadual vão participar de apresentações de projetos desenvolvidos por eles em todo o estado. Além das performances de música e dança, o evento recebe ainda feiras de ciências e tecnologia, campeonatos esportivos, mostras de artes e um encontro de Líderes de Classe de escolas de todas as regiões da Bahia.

“É um evento, sem dúvida alguma, marcante na vida desses jovens. Parabenizo toda a equipe da secretaria de Educação responsável pelo sucesso desse evento”, afirmou o deputado.

23 de novembro de 2015, 18:13

Deputado acompanha governador no I Encontro Territorial de Líderes de Classe

encontro de lideres de classe

O I Encontro Territorial de Líderes de Classe da Rede Estadual de Educação aconteceu nesta segunda-feira (23) e contou com a presença do governador Rui Costa e do deputado Eduardo Salles, presidente da Comissão de Educação da ALBA (Assembleia Legislativa da Bahia), além de estudantes e profissionais da área.

Durante o evento, o governador assinou projetos de lei que criam os programas “Primeiro Estágio”, “Primeiro Emprego” e “Bolsa Permanência”, com o objetvo de facilitar a inclusão de jovens egressos da escola pública no mercado de trabalho e ajudar na manutenção de alunos de baixa renda nas universidades estaduais. Os projetos agora seguem para apreciação na ALBA. “Sei da importância desses três projetos para a vida de jovens alunos e eles terão todo o meu apoio para que sejam efetivados”, diz Salles.

23 de setembro de 2015, 11:28

Eduardo Salles convida deputados da Comissão de Educação a participarem de audiência em SEABRA

unnamed (1) (1)

Durante a sessão da Comissão de Educação, Cultura, Ciência e Tecnologia e Serviço Público da ALBA (Assembleia Legislativa da Bahia), ocorrida nesta terça-feira (22), o deputado estadual Eduardo Salles, presidente do colegiado, convidou os parlamentares a participarem, no dia 16 de outubro, de audiência pública no município da Chapada Diamantina para debater problemas de infraestrutura urbana que têm prejudicado o pleno funcionamento do IFBA (Instituto Federal da Bahia) na cidade.

“Recebi no início da semana, a pedido de João Gomes, presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Seabra, o diretor-geral, Robson Menezes. Conversamos sobre a importância de fazermos um esforço suprapartidário para não deixarmos o IFBA do município subutilizado”, explicou Eduardo Salles.

Hoje o IFBA tem apenas 320 alunos frequentando aulas nos cursos matutino e vespertino. Segundo a meta do MEC (Ministério da Educação), esse número deveria chegar a 1.200. Outros 300 alunos estão matriculados à espera dos cursos noturnos. “A falta de infraestrutura prejudica toda a região”, reclamou o parlamentar.

“Quero sensibilizar os grupos do atual e do ex-prefeito de Seabra, além do secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, e o governador Rui Costa. Uma via de acesso ao IFBA em boas condições trará benefícios para todos”, prometeu Eduardo Salles.

Há planos de incluir um terceiro eixo para incrementar a oferta de cursos técnicos do IFBA, que hoje oferta cursos de Informática e Meio Ambiente para estudantes de 12 municípios da Chapada Diamantina. Com o crescimento, pode chegar a 100% dos municípios do território atendidos.

14 de setembro de 2015, 16:28

Evento na ALBA discute Plano Nacional de Educação

pne

O auditório da ALBA (Assembleia Legislativa da Bahia) recebeu nesta segunda-feira (14) o seminário “O PNE, a proposta de Lei de Responsabilidade Educacional e o Futuro da Educação Brasileira”, organizado pela Comissão de Educação da ALBA, presidida pelo deputado Eduardo Salles, pela Comissão Especial da Lei de Responsabilidade Educacional e Frente Parlamentar em Defesa do PNE (Plano Nacional de Educação).

“Eventos como esses engrandecem a discussão e a possibilidade de uma educação melhor no nosso país”, diz Salles, que esteve na mesa de abertura do seminário. Para o deputado, apesar do crescimento de alguns índices, a situação educacional brasileira ainda é caótica. “Estamos aqui buscando caminhos para mudar o cenário atual e garantir que as políticas sejam aplicadas de maneira eficiente”, explica o parlamentar.

Mais de 60% dos alunos da rede pública brasileira não são alfabetizados até os oito anos de idade e mais de quatro milhões de jovens de 4 a 17 anos estão fora da escola. No Enem do ano passado, mais de 500 mil estudantes tiraram zero na redação.

Eduardo Salles defende a responsabilidade compartilhada na busca pelos melhores resultados. “Acredito que, além do governo, a sociedade e a família também têm papel fundamental na formação de pessoas”.