Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "Caatiba"

21 de junho de 2016, 11:33

Eduardo Salles apresenta denúncia ao MPE cobrando melhoras das operadoras de telefonia em 30 municípios

 

DSCN2555

Com a intenção de melhorar a qualidade dos serviços de telefonia móvel na Bahia, o deputado estadual Eduardo Salles apresentou nesta terça-feira (21) denúncia ao MPE (Ministério Público Estadual) contra as operadoras Vivo, Tim, OI e Claro em 30 municípios do Estado. O parlamentar alega que as empresas falham na prestação de serviços essenciais e o atendimento aos assinantes é deficiente.

O deputado denunciou as operadoras por má prestação de serviços em Baixa Grande, Planaltino, Curaçá, Paratinga, Lagedo do Tabocal, Mucugê, Barra do Choça, Bom Jesus da Lapa, Xique-Xique, Tapiramutá, Ipiaú, Ilhéus, Ibirataia, Ponto Novo, Rio Real, Bonito, Luís Eduardo Magalhães, Piritiba, Caatiba, Itanhém, Juazeiro, Morro do Chapéu, Casa Nova, Itaguaçu da Bahia, Nazaré, Riachão do Jacuípe, Amargosa, Santana, Itaetê e Maraú.

“As operadoras têm descumprido obrigações legais e causam danos materiais e morais a milhares de consumidores”, reclamou Eduardo Salles. “Aqui na Bahia, principalmente no interior, é comum enfrentar problemas, como sinal inconstante, ligações que não são completadas e mau funcionamento da internet 3G”, acrescentou o deputado.

A denúncia protocolada pelo parlamentar requer punição às quatro empresas por não prestarem o serviço contratado e oferecerem atendimento de má qualidade. Eduardo Salles solicita ainda a instalação de antenas nos municípios e seus distritos.

“As operadoras são concessionárias de serviço público, portanto, têm obrigação de oferecer serviço de qualidade”, alertou Eduardo Salles.

DESCUMPRIMENTO DE CRONOGRAMA

Em 2015, Eduardo Salles ofereceu representação no MPE contra a Claro. A justificativa é que a operadora descumpriu o cronograma de cobertura de telefonia celular e fixa e dados na área rural na Bahia, conforme determina o edital vencido pela empresa em dezembro de 2012 e o TAC (Termo de Ajuste de Conduta) assinado em 2014 após a CPI da Telefonia realizada na Assembleia Legislativa da Bahia.

“Eu quero que a Claro cumpra o que determina a licitação que ela venceu. Estou cobrando apenas o cumprimento do que foi assinado pela empresa. O edital tem que ser honrado. A população baiana não pode ficar no prejuízo”, cobrou Eduardo Salles.

24 de fevereiro de 2016, 11:34

Audiência com presidente da Embasa sobre Caatiba

CAATIBA

Acompanhado do vereador e pré-candidato a prefeito de Caatiba, Nei Villarim, e do pré-candidato a vereador Narailton, o deputado estadual Eduardo Salles esteve em reunião com o presidente da Embasa (Empresa Baiana de Águas e Saneamento), Rogério Cedraz, nesta terça-feira (23).

O objetivo da reunião foi encontrar soluções para demandas apresentadas pela população do município, como a discrepância para maior no valor da maioria das contas dos consumidores, no tocante ao consumo e, consequentemente, aos valores cobrados entre diferentes meses, fato que originou uma reportagem específica sobre o assunto na Rede Globo regional. Também foi pontuado a qualidade do atendimento prestado pelos funcionários da empresa no município. E ainda foram discutidos os assuntos relativos a questão da qualidade da água e do esgotamento sanitário.

O presidente da Embasa e sua equipe demonstraram conhecimento e presteza para a resolução dos problemas. Ele explicou que tudo será averiguado e providências serão tomadas caso seja confirmado algum equívoco nas contas.

Cedraz pontuou também existor a possibilidade de o próprio consumidor verificar se há erro dos técnicos na leitura do consumo. “Cada um pode conferir o seu hidrômetro e ver se os números batem. As orientações para que essa leitura seja feita corretamente estão disponíveis no site da Embasa”, explicou.

O diretor de operações da Embasa no interior, Ubiratan Cardoso, também presente à audiência, se comprometeu a acompanhar de perto esse processo. “Vou entrar em contato com todas as equipes que atuam na região e apurar as reclamações”, garantiu.

Esgoto
Eduardo Salles e Nei aproveitaram a reunião para tocar em um ponto importante para Caatiba, que é a implantação da rede de esgoto. Segundo o Villarim, já existe um plano de saneamento pronto. O presidente da Embasa indicou que o próximo passo é a elaboração de um projeto do sistema de esgotamento para todo o município e, em seguida, a execução deste.

O deputado explicou que o município é pequeno e não tem recursos para a contratação de uma empresa para a elaboração do projeto e solicitou a possibilidade de a Embasa assumir esse pleito.

“Os recursos para este ano já estão comprometidos, mas o presidente solicitou que entrássemos com o pedido para ser avaliado porque a entrega do projeto permitirá ao município a possibilidade de inclusão em algum programa futuro de implantação de rede de esgotamento sanitário do governo federal “, explicou o parlamentar.

Para o deputado, essas ações chegarão para melhorar a vida das pessoas de Caatiba. “A água de qualidade e o esgotamento sanitário são fundamentais  para que as populações tenham qualidade de vida. Vou trabalhar para que todos possam ter acesso a essa condição”, falou.

24 de setembro de 2015, 20:01

Deputado faz entrega de sementes de Crotalária juncea, leguminosa que combate o mosquito da dengue de forma natural

Eduardo Salles e equipe Paso Ita

Eduardo Salles e equipe Paso Ita

Prefeitos e secretários de Agricultura de 17 municípios baianos receberam, nesta quinta-feira (24), sementes de Crotalária juncea, leguminosa cuja flor atrai a libélula, predadora do mosquito Aedes aegypti, que transmite dengue, zika e chikungunya. “A ideia é combater o mosquito de forma natural” explica o deputado Eduardo Salles.

A distribuição das sementes é fruto de uma parceria do parlamentar com a empresa Paso Ita Gramíneas e Leguminosas. “Nessa primeira etapa priorizei os municípios onde fui votado”, conta Salles. A cerimônia de entrega aconteceu no auditório da COOPMAC (Cooperativa Mista Agropecuária Conquistense), em Vitória da Conquista.

Foram beneficiados os municípios de Xique-Xique, Barra do Choça, Ilhéus, Rio Real, Tapiramutá, Ibirataia, Maraú, Bonito, Curaçá, Ipiaú, Paratinga, Bom Jesus da Lapa, Ponto Novo, Itaetê, Lajedo do Tabocal, Planaltino e Caatiba. Cada um deles recebeu três sementes por habitante.

COMO FUNCIONA
A coloração amarela da flor da Crotalária juncea atrai a libélula, que, além de se alimentar do mosquito Aedes aegypti, coloca seus ovos na mesma água. “As larvas da libélula também comem as larvas do mosquito. Assim podemos prevenir as doenças transmitidas por ele e diminuir o número de casos”, diz o deputado.

TREINAMENTO
Os representantes dos 17 municípios receberam treinamento sobre o processo de transformação das sementes em mudas e aprenderam sobre os cuidados com a planta e manutenção da espécie nos canteiros, jardins e terrenos onde a Crotalária juncea for plantada.

“Ela floresce depois de 90 dias”, explica o coordenador técnico da Paso Ita, Eduardo Patrício, que instruiu os presentes. “É uma planta que se adapta facilmente a diferentes climas”, completa.