Cotações
Ver todas

Notícias

Mostrando notícias publicadas com o assunto "adutora"

23 de julho de 2016, 17:34

Início da captação na barragem da Mata da Boa Esperança aumenta em 10% oferta de água em Ilhéus

13770355_10201765759182409_5340733934242578422_n

Começou a funcionar neste sábado (23) a captação de água da barragem da Mata da Boa Esperança, em Ilhéus, o que vai aumentar em 10% a oferta dos recursos para os moradores do município, que têm sofrido com a crise hídrica na região. A informação foi dada ao deputado estadual Eduardo Salles e ao prefeito em exercício, Carlos Machado, na última quinta-feira (21), pelo gerente regional e o diretor de operações de interior da empresa, José Lavigne e Ubiratan Cardoso, respectivamente.

A obra para a instalação de 2,5 quilômetros de adutora na barragem da Mata da Boa Esperança começou ainda no primeiro semestre de 2016, logo após o prefeito Jabes Ribeiro e Eduardo Salles participarem de audiência em Salvador com o governador Rui Costa.

Na última terça-feira (19) o parlamentar participou de audiência com o secretário estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, e o presidente da EMBASA, Rogério Cedraz, para saber o cronograma de início de captação de água na Barragem da Mata da Boa Esperança. Eduardo Salles foi informado que faltava resolver questões ambientais.

No dia seguinte, com a presidente do INEMA (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia), Márcia Telles, o deputado teve a garantia que o processo para início da operação teria agilidade.

“Percorri todo esse caminho porque sei o sofrimento que a população de Ilhéus está passando. Tenho obrigação, como representante político, de cobrar dos órgãos e agilizar medidas e obras que melhorem a oferta de água”, justificou Eduardo Salles.

Segundo Ubiratan Cardoso, a EMBASA está em processo de implantação de mais três estações elevatórias, 23 reservatórios comunitários e apoio de nove caminhões-pipas para suprir a demanda de hospitais, escolas públicas e UESC (Universidade Estadual Santa Cruz).

Outra ação prometida pelos diretores da EMBASA é aumentar de 160mm para 200mm o diâmetro da tubulação da adutora que leva água ao centro e zona norte.

04 de maio de 2016, 15:50

Embasa resolve diminuir captação de água da barragem de Pedras Altas

Barragem de Pedras Altas_Foto_Cássia_Dias

A EMBASA (Empresa Baiana de Saneamento) decidiu nesta quarta-feira (4) reduzir em 50% a captação de água da barragem de Pedras Altas, no município de Capim Grosso. Esse percentual será retirado a partir de agora da barragem de São José do Jacuípe, que, depois das chuvas registradas em janeiro, atualmente está com 63 milhões de metros cúbicos o mesmo volume da soma do armazenamento atual das barragens de Ponto Novo (30 milhões de metros cúbicos) e Pedras Altas (33 milhões de metros cúbicos).

Conforme a decisão da EMBASA, o sistema de abastecimento de água do sisal, responsável por suprir a demanda de 22 municípios, com aproximadamente 200 mil pessoas, receberá 50% do total da barragem de Pedras Altas e a outra metade da barragem de São José do Jacuípe.

A redução da captação de água na barragem de Pedras Altas é uma solicitação antiga feita pelo deputado estadual Eduardo Salles e o prefeito de Ponto Novo, Adelson Maia. “Ainda nesta terça-feira (3), solicitei aos secretários estaduais da Casa Civil, Bruno Dauster, e de Infraestrutura Hídrica e Saneamento (SIHS), Cássio Peixoto, a necessidade de resolver esse problema”, explicou o parlamentar.

Eduardo Salles observa que é preciso evitar futuros “conflitos de água” neste momento em que há oferta do recurso na barragem de São José do Jacuípe.

Segundo Marcelo Nunes Abreu, diretor de Segurança Hídrica da SIHS, já foi feita nos últimos dias a análise da água da barragem de São José do Jacuípe. “É de boa qualidade”, garante.

A captação de água na barragem de Pedras Altas ocorria porque a barragem de São José do Jacuípe estava com apenas 1,7% de sua capacidade. “As chuvas que caíram em janeiro foram acima das médias históricas e elevaram o volume, permitindo que retiremos a partir de agora só 50% da necessidade de água da adutora do sisal”, conta Nunes Abreu.

O deputado estadual lembra a importância de estocar água nas barragens da Bacia do Alto Itapicuru (Pedras Altas, Ponto Novo e Pindobaçu). “Caso seja necessário, a barragem de Pedras Altas fará o abastecimento humano de alguns municípios. Desta forma, a barragem de Ponto Novo vai continuar a fornecer água para o perímetro irrigado, que gera milhares de empregos da região”, afirma Eduardo Salles.

26 de abril de 2016, 17:45

Reunião em Juazeiro é proposta para debater captação de água caso a Mineração Caraíba encerre as atividades

DSCN1339

A possibilidade de encerramento das atividades da Mineradora Caraíba, instalada no município de Jaguarari, foi abordada pelo deputado estadual Zó na sessão desta terça-feira (26) da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa da Bahia.

O medo do parlamentar é que a empresa encerre suas atividades e paralise a captação de água feita em sua adutora, gerando problemas no abastecimento de água ao longo de seus 86 quilômetros de extensão, afetando distritos e povoados dos municípios de Juazeiro, Jaguarari, Uauá, Andorinha, Curaçá e Monte Santo.

Zó propôs que no dia 18 de maio, durante a realização da Expovale, em Juazeiro, os parlamentares da Comissão de Agricultura participem de reunião com os secretários estaduais de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, da Agricultura, Vítor Bonfim, e do Desenvolvimento Rural, Jerônimo Rodrigues, para discutir as questões sobre o possível fechamento da Mineradora Caraíba e começar a traçar planos com o intuito de evitar a suspenção do abastecimento nos municípios.

A proposta foi apoiada pelo deputado estadual Eduardo Salles. “Quando fui secretário estadual de Agricultura, trabalhei muito pela manutenção desta adutora e também para evitar o aumento dos preços cobrados justamente por entender a importância dela para milhares de pessoas”, disse o parlamentar. “Apoio a iniciativa de Zó e estarei atento para que a população rural não seja prejudicada”, acrescentou o parlamentar.

“Vou ajudar o colega Zó a mobilizar os secretários para realizarmos a reunião e participar dessa audiência na Expovale”, garantiu Eduardo Salles.

O secretário de Agricultura de Juazeiro, Jorge Siqueira, participou dos debates na Comissão de Agricultura.