Cotações
Ver todas

03 de março de 2016

Senadores do Nordeste são convocados por Eduardo Salles para reverter decisão do Conselho Monetário

Exibindo IMG-20160303-WA0018.jpgmateria fne

Presidente da Frente Parlamentar da Micro, Pequena e Média Empresa da Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado Eduardo Salles foi a Brasília nesta quarta-feira (2) pedir aos senadores do Nordeste ajuda para pressionar o Conselho Monetário Nacional a revogar a Resolução 4.452, emitida no final de 2015 que aumenta de 8,24% para 14,12% os juros do FNE (Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste).

“Nós da Frente estivemos reunidos na última sexta-feira na FECOMERCIO, em Salvador, para debater o assunto e resolvemos dar início a uma mobilização firme para reverter essa decisão”, explicou Eduardo Salles.

“Com a elevação dos juros, o FNE perde sua característica de instrumento de política regional, que é ofertar crédito diferenciado em relação às taxas do sistema financeiro nacional”, reclama o deputado estadual, lembrando que a elevação real de juros foi superior a 70%. “Já seria absurdo em qualquer situação, imagine em época de crise”, acrescentou.

Os senadores baianos Otto Alencar, Walter Pinheiro e Lídice da Mata afirmaram a Eduardo Salles que entrarão na luta para reverter a decisão do Conselho Monetário Nacional. O pernambucano Fernando Bezerra também assumiu o compromisso com o deputado estadual.

Comentários