Cotações
Ver todas

21 de julho de 2017

Ressocialização dos presos de Ilhéus e Itabuna é pauta de audiência na SEAP

Carlos Sodre
O deputado estadual Eduardo Salles e o secretário de Sustentabilidade Econômica e Meio Ambiente de Itabuna, John Nascimento, participaram de audiência com o chefe de gabinete da SEAP (Secretaria de Administração Penintenciária e Ressocialização) , Carlos Sodré, nesta sexta-feira (21), para discutir a possibilidade   de oferecer condições de trabalho para presos do sistema penitenciário de Ilhéus e Itabuna.

“A nossa proposta é que as bolas produzidas pela Penalty, na fábrica que fica em Itabuna, sejam encaminhadas para os presídios dos dois municípios, onde passarão pelo serviço de costura. Atualmente, a empresa envia cerca de 40 mil bolas, periodicamente, para que o serviço seja realizado em São Paulo”, explica Eduardo Salles.

O parlamentar já havia discutido o assunto durante audiência com o secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Jaques Wagner, e o CEO do grupo Cambuci, controlador da Penalty, César Ferreira, há cerca de dois meses, quando tratavam sobre a ampliação da fábrica em Itabuna. “Também já conversei, brevemente, com o secretário da SEAP, Nestor Duarte, sobre o assunto e ele foi muito receptivo à nossa ideia”, garante Salles.

Carlos Sodré afirmou  que existem 1.400 presos na unidade prisional de Itabuna e mais de 300 no Conjunto Penal de Ilhéus e sinalizou que a parceria é viável, mas antes precisa conversar com o secretário Nestor Duarte e os gestores das unidades prisionais. Ficou acordado que, em breve, será realizada uma reunião com todos os envolvidos, inclusive o deputado Eduardo Salles, com o objetivo de discutir uma possível parceria.

“A partir de um convênio entre a Penalty e o governo do estado poderemos oferecer a atividade laborativa interna para os detentos e eles conseguiriam a redução da sua pena em um dia, para cada três dias trabalhados . Além disso,  teremos a condição de viabilizar a reinserção  dos ex-presidiários na sociedade, que também é uma função do estado”, ressalta o parlamentar.

“Agora, vou tentar agendar uma audiência do secretário Nestor Duarte com César Ferreira para que possamos discutir mais detalhadamente essa iniciativa”, conclui o deputado.

Comentários