Cotações
Ver todas

19 de agosto de 2016

Prorrogação do Luz para Todos na Bahia é solicitada por Eduardo Salles a ministro de Minas e Energia

IMG_0457

Prorrogar até 2018 o Luz para Todos na Bahia foi a solicitação feita pelo deputado estadual Eduardo Salles ao ministro de Minas e Energia, Fernando Bezerra Filho, durante audiência nesta quinta-feira (18), em Brasília. O programa encerra no Estado no próximo dia 31 de dezembro. Desde que foi iniciado, já foram feitas mais de 570 mil ligações.

Conforme dados da SEINFRA (Secretaria Estadual de Infraestrutura) e ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica), ainda restam 140 mil ligações para universalizar o acesso à energia elétrica na Bahia. Deste total, 57 mil têm custo unitário estimado em R$ 16 mil por unidade habitacional.

“Como engenheiro agrônomo, ex-secretário estadual de Agricultura e agora como deputado estadual, rodo por todas as regiões e centenas de municípios baianos e posso afirmar que o Luz para Todos é um dos programas mais estruturantes já realizados em nosso país”, argumenta Eduardo Salles.

O ministro garantiu levar a solicitação à Casa Civil que, segundo ele, é quem vai decidir pela prorrogação ou não do Luz Para Todos na Bahia. “Tentarei mobilizar a bancada baiana, independente de bandeira partidária, para, juntamente com o governador Rui Costa, conseguirmos a manutenção do programa e retirarmos milhares de baianos do uso do lampião”, prometeu o parlamentar.

“Sei da crise financeira e diminuição dos recursos, mas precisamos manter o Luz Para Todos, mesmo que a execução agora seja um pouco menor”, disse Eduardo Salles.

O superintendente de Energia e Comunicação da SEINFRA, Silvano Ragno, representando o secretário Marcus Cavalcanti, e o superintendente de Operações e Manutenção da COELBA, Sérgio Mello, também participaram da audiência e apresentaram argumentos técnicos à manutenção do Luz para Todos.

Comentários