Cotações
Ver todas

07 de outubro de 2016

Polícia Militar reforça segurança na Operação Safra no oeste da Bahia

operacao-sfara-1

Com o intuito de levar mais segurança às comunidades agrícolas do oeste da Bahia, permitindo que o agricultor possa cuidar do seu plantio sem temer qualquer tipo de violência, a Polícia Militar tem reforçado o policiamento e o monitoramento nas estradas e propriedades rurais desde o começo do mês de outubro. A ação faz parte da Operação Safra 2016/17 e também inclui apoio ao trabalho da ADAB (Agência de Defesa Agropecuária da Bahia) no controle fitossanitário por meio de abordagens no trânsito de produtos e defensivos agrícolas.

Membro da Comissão de Agricultura da Assembleia Legislativa da Bahia, o deputado estadual Eduardo Salles acredita que esse apoio vai tranquilizar os pequenos agricultores que sofrem com os ataques criminosos no campo que crescem nesta época do ano. “São ações de extrema importância para o agricultor que terá a Polícia Militar no combate ao roubo de defensivos agrícolas, por exemplo, que só na safra 13/14 somou um prejuízo de R$ 15 milhões nas áreas em produção no extremo oeste”, lembrou o parlamentar.

A parceria entre a Polícia Militar e a Operação Safra 2016/17, que foi lançada na última terça-feira (4), em Barreiras, conta com um efetivo policial de aproximadamente 100 homens do Comando de Policiamento da Região Oeste, Comando de Policiamento Especializado, CIPE Cerrado e da 3ª Companhia de Polícia Rodoviária devem percorrer mais de mil propriedades rurais. Serão utilizadas viatura na patrulha terrestre e um helicóptero estará de prontidão em sua base para decolar e fazer a varredura aérea, caso seja necessário.

“O objetivo da Operação Safra é intensificar as ações de policiamento, principalmente nos rincões mais distantes, sem interromper as ações rotineiras realizadas nos 12 municípios que fazem parte da operação no oeste da Bahia”, disse o subcomandante geral da Polícia Militar da Bahia, Cel. Antônio Reis.

Comentários