Cotações
Ver todas

Notícias

26 de novembro de 2015, 10:22

Eduardo Salles e Oberdan Rocha vão à Casa Civil solicitar retomada de obras em Barra do Choça

eduardo e oberdan na casa civil
O deputado Eduardo Salles e o prefeito de Barra do Choça, Oberdan Rocha, estiveram em audiência com o secretário estadual da Casa Civil, Bruno Dauster, nesta quarta-feira (25). A pauta foi a obra de pavimentação da obra do bairro Bela Vista, que está parada.

“Essa obra é fruto de uma emenda parlamentar do deputado federal Mário Junior, no valor de R$1.5 milhão”, explica Salles. Três empresas já assumiram o serviço, que ainda não foi concluído. “Elas abandonaram a obra pro diversos motivos, mas o principal deles é a burocracia exigida pela Caixa Econômica Federal e CONDER (Companhia de Desenvolvimento Urbano)”, completa o deputado.

Eduardo Salles e Oberdan Rocha também solicitaram a continuidade das obras de urbanização no bairro Ouro Verde, interrompidas no ano passado por causa de fortes chuvas. O serviço estava sendo realizado em parceria com o DERBA (Departamento de Infraestrutura de Transporte da Bahia). “O problema é que, quando as chuvas cessaram, jé neste ano, as obras não puderam ser retomadas porque o DERBA foi extinto na reforma administrativa realizada quando o governador Rui Costa tomou posse”, diz o parlamentar.

O secretário Bruno Dauster garantiu intervir nas duas situações, na tentativa de solucionar os problemas.

25 de novembro de 2015, 14:26

Trinta anos do axé é comemorado na Assembleia com homenagem especial a Wesley Rangel

IMG-20151125-WA0027

 

Artistas, radialistas e produtores musicais participaram nesta quarta-feira (25), na Assembleia Legislativa, da sessão especial, proposta pelo deputado estadual Eduardo Salles, presidente da Comissão de Educação e Cultura da Casa, em homenagem aos 30 anos de axé music.

“É fundamental valorizarmos esse movimento essencialmente baiano e as pessoas que tiveram seus nomes envolvidos na consolidação do movimento musical. E não só os artistas, mas também quem trabalhou nos bastidores”, justificou Eduardo Salles.

O maior homenageado do evento foi Wesley Rangel, dono do Estúdio WR, fundamental para a consolidação do axé music. “No final da década de 70, havia um caldeirão musical na Bahia, mas não tínhamos onde gravar. Era preciso acatar as exigências das gravadoras do Sul”, lembrou Jonga Cunha.

Debilitado em função de um problema de saúde, Wesley Rangel fez questão de comparecer à sessão especial. “Sei que ajudei, mas, neste momento, minha grande vaidade são os amigos que estão aqui”, falou. O proprietário do estúdio emprestou seu nome à placa entregue aos homenageados.

Autor de músicas que fizeram sucesso com Margareth Menezes e Lazzo Matumbi, Jorge Portugal, atual secretário estadual de Cultura, reconheceu a importância de Wesley Rangel. “Tínhamos que ficar numa fila no Rio de Janeiro esperando nosso momento. Essa é uma homenagem sincera e necessária ao primeiro tempo da música contemporânea da Bahia”, disse.

Falando em nome dos artistas, Gerônimo lembrou que a palavra axé representa “força ou poder” e agradeceu a quem batizou o movimento musical, mesmo que “a intenção tenha sido pejorativa”. O cantor aproveitou para reconhecer os radialistas que na época acreditaram no movimento musical. “Espero que continuem”, alertou.

Armandinho, Durval Lélys, Margareth Menezes, Ricardo Chaves, Gerônimo, Vovô do Ilê, Nestor Madrid, Cristóvão Rodrigues, Ivete Sangalo, Daniela Mercury, Saulo, Luiz Caldas, Bell Marques, Netinho, Carlinhos Brown, Andrezão, João Jorge e Nailton Lantyer foram homenageados. A placa Wesley Rangel também foi concedida a Fernando Boulhosa e Neguinho do Samba, em memória.

 

24 de novembro de 2015, 15:57

Em Ponto Novo, deputado e secretário da SIHS discutem segurança hídrica

reuniao em pontonovo

Nesta terça-feira (24), o deputado Eduardo Salles acompanhou o secretário estadual de Infraestrutura Hídrica e Saneamento, Cássio Peixoto, em visita ao município de Ponto Novo. Junto com técnicos da pasta, eles participaram de audiência com o presidente do Comitê da Bacia, Antônio Augusto, e outras lideranças do município. Durante a reunião foram debatidas soluções e medidas para que sejam evitados novos problemas por causa da estiagem.

Entenda o problema
Há quase 20 anos, foi implantado projeto de irrigação ao lado da barragem de Ponto Novo, com oobjetivo de criar postos de trabalho no semiário baiano. “Hoje apenas 1.22 hectares estão produzindo e gerando cerca de 1.500 empregos diretos, números que correspondem a apenas metade da capacidade”, explica Eduardo Salles.

A causa do problema é a falta d’água, que fazcom que seja necessário direcionar a água para municípios vizinhos que sofrem com a seca e precisam do recurso para consumo humano. Em função da escassez de água, a SEMA (Secretaria Estadual de Meio Ambiente) suspendeu a liberação de outorga d’água.

Solução
A solução para o impasse é a construção de novas estruturas hídricas que darão suporte a municípios vizinhos, para que a barragem volte a ser direcionada para a irrigação. “O secretário afirmou que foi autorizado pelo governador Rui Costa a incluir no PAA (Plano Plurianual) o investimento de R$ 15 milhões de reais, para construir os fusegates nas barragens de Ponto Novo e Pedras Altas”, comemora Salles. Fusegates são equipamentos que elevam a altura do sangradouro e, assim, aumentam a capacidade de armazenamento da barragem.

“Outra excelente notícia foi a confirmação do secretário, após minha solicitação e do prefeito Adelson, de universalizar a oferta de água para todos os moradores de Ponto Novo, já que faltam poucas localidades serem beneficiadas”, diz o deputado.

23 de novembro de 2015, 18:13

Deputado acompanha governador no I Encontro Territorial de Líderes de Classe

encontro de lideres de classe

O I Encontro Territorial de Líderes de Classe da Rede Estadual de Educação aconteceu nesta segunda-feira (23) e contou com a presença do governador Rui Costa e do deputado Eduardo Salles, presidente da Comissão de Educação da ALBA (Assembleia Legislativa da Bahia), além de estudantes e profissionais da área.

Durante o evento, o governador assinou projetos de lei que criam os programas “Primeiro Estágio”, “Primeiro Emprego” e “Bolsa Permanência”, com o objetvo de facilitar a inclusão de jovens egressos da escola pública no mercado de trabalho e ajudar na manutenção de alunos de baixa renda nas universidades estaduais. Os projetos agora seguem para apreciação na ALBA. “Sei da importância desses três projetos para a vida de jovens alunos e eles terão todo o meu apoio para que sejam efetivados”, diz Salles.

21 de novembro de 2015, 15:42

Eduardo Salles marca presença em Juazeiro, no programa Saúde sem Fronteiras

12274202_10200878574843355_2867325640094695031_n

Neste sábado (21), o deputado Eduardo Salles participou do programa Saúde Sem Fronteiras, em Juazeiro, ao lado do secretário estadual de Saúde, Fábio Villas-Boas, do secretário municipal do município, Dalmir Pedra, e do prefeito Isaac Carvalho, além do gestor de Curaçá, Carlinhos Brandão.

Estão previstas 2 mil cirurgias de catarata e 12 mil atendimentos da população de todos os municípios da macrorregião, com diagnósticos de câncer de mama, glaucoma, doação de sangue, credenciamento de doação de medula óssea e atendimentos odontológicos. O evento teve início dia 18 e segue até o dia 24 de novembro.

Há cerca de um mês, o deputado solicitou, em audiência com Vilas-Boas, a vinda do programa para Juazeiro. Além dessa solicitação, Salles demandou a realização de cirurgias ortopédicas plenas no Hospital Regional de Juazeiro. A demanda foi autorizada pelo secretário de saúde do estado. A última demanda, também atendida, foi a contratação emergencial e o conserto do tomógrafo do Hospital Regional, que se encontrava quebrado há dois anos.

 

21 de novembro de 2015, 11:03

Eduardo Salles participa de inauguração da Unidade de Saúde da Família em Barra do Choça

11202584_10200877288011185_3716243995788156086_n

Neste sábado (21), o deputado estadual Eduardo Salles, esteve em Barra do Choça para prestigiar a inauguração da Unidade de Saúde da Família do bairro Bom Retiro. A unidade vai proporcional o atendimento para mais de 3 mil pessoas da comunidade.

Também estiveram presentes o deputado federal Mário Júnior e o prefeito Oberdan Rocha, além dos vereadores Nil, Naelton, Ticão, Demi, Nascimento e Paulo, bem como diversos secretários municipais e lideranças.

20 de novembro de 2015, 10:55

Deputado propõe medidas de controle da praga da bananeira

10455363_10200875645490123_6005426060414348891_n

Nesta sexta (20), o deputado Eduardo Salles participou de uma reunião com produtores e representantes da ADAB (Agência de Defesa Agropecuária da Bahia) e EMBRAPA para discutir medidas no combate à sigatoka-negra, doença recentemente detectada na Bahia, que ataca as bananeiras. O problema já está em Cruz das Almas, Cachoeira, Maragogipe e Nazaré, além de suspeitas da presença do fungo em Rio Real e Itanhém.

A separação das áreas livres das contaminadas, como acontece em Minas Gerais, seria uma das soluções propostas. “Assim, a ADAB em breve poderá decretar que regiões como o semiárido baiano está livre da sigatoka-negra e evitar prejuízo na comercialização destas produções”, explica Eduardo Salles.

A EMBRAPA afirma existir variedades de banana da terra resistentes ao fungo na Nigéria. Na reunião, o deputado sugeriu que houvesse a importação imediata para que fossem multiplicadas e doadas a pequenos produtores da Bahia, para minimizar as perdas a médio prazo e evitar o desemprego em diversas regiões.

Eduardo Salles também solicitou a capacitação de técnicos da ADAB, Bahiater e empresas prestadoras de assistência técnica para detectar focos e ensinar a condução aos pequenos produtores para que possam conviver com a doença. “São Paulo, maior estado produtor brasileiro, tem a doença desde 2004 e convive com ela. Em vários países acontece o mesmo, como a Costa Rica, que mesmo com a incidência da sigatoka-negra ainda tem a banana como uma das suas maiores pautas de exportação”, afirmou.

19 de novembro de 2015, 11:45

Em audiência na SERIN, deputado solicita liberação de recursos para Itaetê, Bonito e Ponto Novo

salles na serin

O deputado estadual Eduardo Salles foi à SERIN (Secretaria Estadual de Relações Institucionais) nesta quarta-feira (18) com os prefeitos Adelson Maia, de Ponto Novo, e Edinho, de Bonito, e o ex-prefeito de Iatetê, Bolota, para audiência com o secretário Josias Gomes. Na pauta, solicitações de obras de infraestrutura, esporte, transporte e recursos para a realização de evento.

Em relação às demandas de Bonito, Eduardo e Edinho solicitaram a Josias Gomes a liberação de R$ 450 mil para a realização da VIIª edição do Festival do Café. “Ajudei a criar o evento quando ainda era presidente da Associação dos Produtores de Café da Bahia”, disse o parlamentar. O secretário conversou com o presidente da BAHIATURSA, Diogo Medrado, para colocar o evento na lista de prioridades para a liberação da verba. “Sem a ajuda do governo do estado, em função da crise econômica, é impossível a Prefeitura arcar com os custos”, desabafou Edinho.

Ainda para Bonito, foi reforçado o pedido de pavimentação das vias próximas ao DISEP (Distrito Integrado de Segurança Pública), inaugurado pelo governador em maio. “À época, Rui Costa prometeu a pavimentação. O projeto está na CONDER (Companhia de Desenvolvimento Urbano)”, conta o prefeito.

Para terminar, a dupla pediu ainda a iluminação pública da avenida Santo André ao distrito de Arizona, até a saída da de Cafarnaum, além do povoado de Catuabinha, passando pelo contorno do distrito de Arizona até a rua a rua Manoel Egídio.

Com o prefeito Adelson, foi solicitado a liberação de recursos para a construção da quadra poliesportiva coberta no bairro Oscar Macedo. “Eu e o gestor já fomos à SETRE (Secretaria Estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte) e o projeto está na SUDESB (Superintendência de Desportos da Bahia)”, informou o parlamentar.

Já para Itaetê, o parlamentar e o ex-prefeito reforçaram com Josias Gomes o pedido que já fora feito a Marcus Cavalcanti, secretário estadual de Infraestrutura: a recuperação da BA-245. “Caso não exista recurso para a obra completa, em função da crise econômica, solicitamos a recuperação do trecho de 46 quilômetros até Marcionílio Souza ou os 30 quilômetros que ligam a Mucugê”, sugeriu Bolota.

“Minha função e a de Bolota é cobrar e insistir na realização deste serviço para não deixar Itaetê ilhada e prejudicando o trânsito das pessoas e a economia”, concluiu o deputado.

Página 30 de 49« Primeira...1020...2829303132...40...Última »