Cotações
Ver todas

Notícias

16 de fevereiro de 2018, 15:26

Inscrições para Novo FIES começam nesta segunda (19) com oferta de 310 mil vagas

NOVI FIES FOTO

As inscrições para o primeiro semestre de 2018 do Novo  Fundo de Financiamento Estudantil (FIES) começam na próxima segunda-feira (19) e seguem até dia 28 de fevereiro, exclusivamente pelo site Fies Seleção. O edital, divulgado no Diário Oficial da União (DOU) , nesta sexta-feira (16), oferta 310 mil vagas, sendo 155 mil para os primeiros seis meses do ano. Clique aqui para acessar o edital.

Conforme o Ministério da Educação, do total de vagas ofertadas, 100 mil terão juros zero para os estudantes que comprovarem uma renda per capita mensal familiar de até três salários mínimos.As outras duas modalidades, chamadas de P-Fies, destinam-se a estudantes com renda familiar de até cinco salários mínimos. Para atender a essa parcela de candidatos, o Novo Fies terá recursos dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento.

O candidato que participar da seleção, caso seja pré-selecionado, terá a oportunidade de saber o valor integral do seu financiamento e conhecer as condições do crédito estudantil.

Os candidatos incluídos na situação das vagas com juro zero começarão a pagar as prestações respeitando o seu limite de renda. Ainda conforme o Ministério da Educação, no modelo atual, o aluno paga taxas prefixadas durante a fase de amortização.

SELEÇÃO

Para concorrer a vaga, o candidato deverá cumprir por antecipação os seguintes requisitos: ter feito uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) a partir de 2010, com média igual ou superior a 450 pontos, e obtido nota maior que zero na redação. Em caso de pré-seleção em uma das vagas disponíveis para financiamento, o estudante deverá complementar informações da sua inscrição e, posteriormente, fechar a contratação do financiamento.

Poderão ser financiados os cursos de graduação com conceito maior ou igual a três no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes) ofertados pelas instituições de ensino superior participantes do Fies. Também poderão participar do programa os cursos que, ainda não avaliados pelo Sinaes, estejam autorizados para funcionamento pelo cadastro do MEC. Durante o curso, o estudante deve ter rendimento para ser aprovado em todas as matérias.

O resultado será publicado em 5 de março, em chamada única. No caso dos estudantes inscritos pelo P-Fies, a relação de selecionados sairá em 12 de março. Com exceção do P-Fies, os candidatos não convocados poderão manifestar interesse por lista de espera entre 6 e 30 de março. Mais informações podem ser obtidas no hotsite do programa.

07 de fevereiro de 2018, 12:50

Eduardo Salles comemora acordo que viabiliza construção do Porto Sul

porto sul foto

O acordo feito por três empresas chinesas e a Bahia Mineração (BAMIN), que vai permitir que as instituições discutam os negócios para futura formação de uma joint venture (aliança entre empresas para realização de atividades econômicas em comum), foi comemorado pelo deputado estadual Eduardo Salles. A assinatura aconteceu na última terça-feira (6) entre as empresas chinesas e a BAMIN. Neste mesmo dia, pela manhã, o parlamentar participou de reunião com o governador Rui Costa, o vice-governador João Leão e os chineses.

“Esse é o momento importante e resultado de uma equipe que sempre acreditou na importância econômica do Porto Sul para Ilhéus e região. Continuaremos trabalhando pela realização desse empreendimento que irá impulsionar a economia do nosso estado e gerar de milhares de empregos”, celebra Eduardo Salles, membro da Comissão da FIOL e Porto Sul da Assembleia Legislativa da Bahia.

“A crise econômica vivida pelo país atrapalhou muito o calendário da obra. Mas nunca desistimos. Eu fui sempre com meus colegas da Comissão a Brasília tentar retirar os entraves para a retomada dos trabalhos. Na outra ponta, o governador e o vice-governador foram à China costurar o acordo que viabilizasse o Porto Sul”, relembrou o parlamentar.

No final de 2017 o governo estadual e a BAMIN fecharam acordo com os chineses estabelecendo um cronograma inicial das obras do Porto Sul, que possui todas as licenças ambientais. “A consolidação do consórcio entre essas empresas vai viabilizar também a FIOL porque não há como concluir a ferrovia sem a existência de um porto”, explicou o deputado.

O investimento do Porto Sul é de R$ 2,7 bilhões e será construído na localidade de Aritaguá, litoral de Ilhéus. O local vai escoar 20 milhões de toneladas de minério de ferro que chegarão à região por meio da Ferrovia Oeste- Leste).

 

05 de fevereiro de 2018, 15:15

Deputados Eduardo Salles e Bebeto Galvão se reúnem com secretário estadual de Turismo para tentarem impedir retirada de voos Ilhéus/Salvador

REUNIÃO VOO AZUL

 

O deputado estadual Eduardo Salles participou, na manhã desta segunda-feira (5), de reunião com o secretário estadual de Turismo, José Alves, o deputado federal Bebeto Galvão e o subsecretário de Turismo, Benedito Braga, para discutirem estratégias que ajudem a reverter a decisão da Azul Linhas Aéreas em suspender voos entre Ilhéus e Salvador a partir de 19 de fevereiro.

“O encontro foi fundamental para articularmos medidas para a reunião que vai acontecer amanhã no gabinete do deputado Bebeto, em Brasília, com a diretoria da empresa.  Infelizmente, em função de uma agenda amanhã com o ministro da Saúde, no mesmo horário, não poderei estar presente nesta importante reunião”, explicou o parlamentar.

Durante a reunião, o secretário José Alves explicou que a Bahia tem dois decretos de ICMS que beneficiam as empresas aéreas. Um deles é referente à redução do imposto original sobre o querosene de aviação de 18% para 12 %, desde que as empresas aumentem em 20% seu consumo de querosene no estado. E o segundo decreto, que reduz a alíquota de ICMS sobre o querosene de 18% para 7%, é aplicado apenas para companhias que atuam em 10 ou mais municípios, como é o caso da Azul Linhas Aéreas.

Apenas no sul da Bahia, dois milhões de habitantes são beneficiados com os voos das empresas que atuam no Aeroporto de Ilhéus com linhas fundamentais para o turismo e comércio na região.

“O secretário inclusive informou que vai disponibilizar amanhã, em Brasília, a possibilidade de uma agenda em breve do governador Rui Costa com a diretoria da Azul Linhas Aéreas para tratar dos voos da empresa no estado e outros assuntos importantes para o estado”, informou Eduardo Salles.

Em 2015, quando a Azul Linhas Aéreas também cogitou retirar voos do aeroporto Jorge Amado, o então prefeito e o vice-prefeito de Ilhéus, Jabes Ribeiro e Cacá Colchões, respectivamente, se reuniram com a diretoria da empresa e conseguiram manter a oferta de voos, evitando prejuízos à economia da região.

“A Bahia passa por um momento favorável à ampliação das rotas na aviação baiana devido a ações, como a criação de um fundo estadual de marketing que a Azul pode ser inserida, além das obras de melhoria no aeroporto de Salvador que estão sendo realizadas pelo grupo francês Vinci Airports, que assumiu a direção do terminal soteropolitano”, acredita o deputado estadual.

“Sabemos que não será uma articulação fácil, já que a empresa, para tomar tal decisão, efetivou, sem dúvida, estudos financeiros e estratégicos, mas saímos da reunião embasados e alinhados para defender a permanência desses voos”, avaliou Eduardo Salles.

02 de fevereiro de 2018, 11:21

Deputado Eduardo Salles luta para evitar retirada de voos Ilhéus/Salvador

EDUARDO SALLES E SECRET. TURISMO

Diante da preocupação gerada na região sul da Bahia por conta da possível retirada, a partir de 19 de fevereiro, de voos da Azul Linhas Aéreas, entre Ilhéus e Salvador, o deputado estadual Eduardo Salles conversou ontem com o secretário estadual de Turismo, José Alves, e o secretário estadual de Infraestrutura, Marcus Cavalcanti, para tentarem reverter a decisão da empresa.

Os chefes das duas pastas têm contato direto com a empresa por conta das intervenções realizadas nos aeroportos, além das novas rotas aéreas que estão sendo ampliadas graças à parceria das secretarias estaduais por meio do governo do estado.

“Durante a conversa, o secretário estadual de Turismo garantiu que não irá medir esforços para evitar essa medida. Logo em seguida, coloquei o secretário em contato com o deputado federal Bebeto Galvão, para organizarmos uma verdadeira força-tarefa e conseguirmos audiência conjunta com a companhia aérea para resolver esse impasse”, destacou o parlamentar.

Segundo o deputado estadual, o objetivo é reunir, antes do carnaval, as secretarias estaduais e lideranças políticas da região, junto com o governador Rui Costa e o vice-governador João Leão, para sensibilizar a Azul Linhas Aéreas sobre a importância da permanência desses voos, principalmente para o turismo e comércio em Ilhéus, Itabuna, Maraú, Itacaré, Una, Canavieiras, Buerarema, Ipiaú, Ibirataia e toda a região.

“Vamos unir forças para evitar que ocorra a diminuição na oferta de voos entre Ilhéus e Salvador, prejudicando o turismo e os negócios em Ilhéus e região”, reforçou Eduardo Salles.

 

 

30 de janeiro de 2018, 17:50

Reunião na CAR trata sobre funcionamento de laticínios em Tapiramutá e Piritiba

CAR FOTO 2

O deputado estadual Eduardo Salles participou de reunião, nesta terça-feira (30), com os prefeito e o ex-prefeito de Tapiramutá, Ju e Luciano Neri, respectivamente, o prefeito de Piritiba, Samuel Santana, representantes de associações e cooperativas e os presidentes da Companhia de Desenvolvimento e Ação Regional (CAR) e Superintendência de Desenvolvimento Industrial e Comercial (SUDIC), Wilson Dias e Jairo Vaz, respectivamente, para tratar sobre o funcionamento dos laticínios dos dois municípios.

“Enquanto estive secretário estadual de Agricultura, trabalhamos muito e conseguimos, naquela época, 86 novos laticínios para o estado, entre públicos e privados. Destes, dois ficaram praticamente prontos, em Tapiramutá e Piritiba, e tinham pequenas pendências a serem resolvidas para entrarem em funcionamento. Hoje viemos tratar sobre o funcionamento sustentável deles”, explicou o parlamentar.

Durante a reunião, foi exposto pelos representantes das associações e cooperativas que os dois laticínios têm problema com a máquina empacotadeira. Diante disso, o presidente da CAR ficou de efetivar um aditivo aos convênios para adquirir essa máquina. “Além dessa máquina, em um segundo momento, alguns outros equipamentos – em Piritiba, uma câmara frigorífica e um caminhão para entrega e, em Tapiramutá, uma máquina de fabricação de queijo e um caminhão para entrega -, poderão ser adquiridos por meio de um programa”, antecipou Wilson Dias.

No dia 19 de fevereiro vai acontecer uma reunião e o presidente da CAR convidou os presidentes das cooperativas e prefeitos para estarem presentes para o lançamento do Programa de Requalificação de Agroindústrias. Na oportunidade, as associações e cooperativas vão elaborar um projeto e participar de um edital, lançado pela CAR. Caso sejam aprovados, o Programa de Requalificação vai permitir a compra desses equipamentos. .

BARRACAS

Na oportunidade, como haviam algumas pendências com barracas de feira livre, para esse dois municípios, Wilson Dias se comprometeu a fazer o complemento de 30 barracas de feira para os municípios de Tapiramutá e de Piritiba, para que tenhamos os feirantes de uma forma padronizada.

“Ao lado dos grupos políticos dos dois municípios, trabalharei para efetivar estas ações o quanto antes”, concluiu Eduardo Salles.

24 de janeiro de 2018, 16:23

Emenda parlamentar do deputado Eduardo Salles garante calçamento de povoado em Maraú e requalificação da nova entrada de Una

CONDER 5

 

Após destinar emendas impositivas do seu mandato parlamentar para contribuir com o orçamento total de obras em Maraú e Una, o deputado estadual Eduardo Salles assinou, como testemunha, na última terça-feira (23), dois convênios que vão permitir importantes avanços na infraestrutura nos dois municípios.

Foram assinados projetos para os 7 mil metros de calçamento das ruas do povoado de Tremembé, em Maraú, e para a requalificação da nova entrada de Una.  “A busca por ações para o desenvolvimento de Maraú e Una sempre foi um compromisso que assumi com os prefeitos desde que me tornei representante político de cada um destes municípios. E hoje tive o orgulho de assinar, como testemunha, o convênio que vai, sem dúvidas, levar mais qualidade de vida para a população”, disse o parlamentar.

O acordo foi firmado entre os municípios com o estado, por meio da CONDER (Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia). Estavam presentes os prefeitos de Maraú e Una, Gracinha Viana e Tiago de Dejair, respectivamente, além do diretor de Equipamentos e Qualificação Urbanística da Companhia, Airton Villaça.

CONDER 4

“Em um momento econômico como o que temos passado, poucos municípios estão aptos para serem contemplados com projetos desse porte e, como deputado estadual, é uma honra ser representante político destas cidades. Foram meses de luta e garra para elaborarmos os projetos e adequá-los para que eles pudessem ser aprovados e, futuramente, entregues à população”, ressaltou o parlamentar.

Passado todo o processo burocrático, a previsão da Conder é finalizar as obras, em Una e Maraú, até o final do ano.

“Parabenizo os prefeitos Gracinha e Tiago de Dejair pelo trabalho que vêm desenvolvendo por cada um dos municípios representados. E aproveito para agradecer ao governador Rui Costa que autorizou, na última semana, em Itabuna, essas importantes obras. Destaco, também, que junto com os deputados federais Ronaldo Carletto, em Maraú, e Mário Júnior e Bebeto Galvão, em Una, além de todo o grupo político dos dois municípios, continuarei empenhado para efetivar mais conquistas”, disse.

18 de janeiro de 2018, 15:01

Secretário estadual de Saúde autoriza celebração de convênio para ampliação de Hospital em Bom Jesus da Lapa

índice3

A assinatura para a elaboração do convênio para a ampliação do Hospital Municipal Carmela Dutra e construção do Centro de Hemodiálise, em Bom Jesus da Lapa, foi compartilhada, na tarde de quarta-feira (17) pelo deputado estadual Eduardo Salles, ao lado do prefeito de Bom Jesus da Lapa, Eures Ribeiro, do secretário de Saúde do município, Marcélio Magno, do deputado federal Sérgio Brito e de técnicos de saúde, no ato em audiência realizada pelo secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas.

“Este é um momento histórico e muito importante para Bom Jesus da Lapa e região. Estamos lutando há muito tempo para conseguir essa obra. Com todos os novos leitos de UTI e a Unidade de Hemodiálise, a saúde de Bom Jesus da Lapa e região vai melhorar, dando uma tranquilidade para a população. Pela falta dessa UTI, muitas vidas foram perdidas.”, lembra o parlamentar.

A ampliação do Hospital contempla 16 leitos de enfermaria adulto, 10 leitos de enfermaria pediátrica, construções de 10 leitos de Unidade de Terapia Intensiva Adulto, 10 Unidades de  Terapia Intensiva Neonatal (UTIN), 10 leitos de Unidade de Cuidado Intermediário Neonatal Convencional (U5) e do Centro de Imagem do Hospital Municipal Carmela Dutra, além da construção do Centro de Hemodiálise no município. O investimento para essa obra será de R$ 5,7 milhões, sendo 20% do valor de contrapartida da prefeitura.

Conforme o executivo municipal, todo o projeto executivo está pronto e já foi entregue para a SESAB. “Todas as pendências que faltavam para a entrega do projeto executivo já foram resolvidas e entregamos ao secretário Fábio Vilas-Boas. Trabalhamos e continuamos lutando muito para que esse sonho seja concretizado o quanto antes”, detalhou Eures Ribeiro.

A próxima etapa, de acordo com o secretário estadual de Saúde, será na Procuradoria Geral do Estado que vai liberar o convênio para ser assinado e, em seguida, a prefeitura faz a licitação. Após esse processo, ocorre a assinatura da ordem de serviço pelo governador Rui Costa.

“Nossa expectativa é que o governador assine a ordem de serviço na inauguração do Frigorífico de Bom Jesus da Lapa. E a perspectiva é que, até o final do ano, as obras já estejam concluídas. Eu, enquanto deputado estadual e representante de Bom Jesus da Lapa e o deputado federal, Sérgio Brito, temos muito orgulho de poder acompanhar o prefeito Eures em todas essas lutas. Agradecemos ao governador Rui Costa e ao secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, por mais esse importante momento para o município”, concluiu Eduardo Salles.

 

15 de janeiro de 2018, 15:03

Matrícula na rede estadual de ensino começa nesta terça-feira

rede-estadual

A Secretaria Estadual de Educação abre, a partir desta terça-feira (16), a matrícula nas 1.300 escolas estaduais, nos 417 municípios da Bahia. O processo acontece até o dia 23 de janeiro, sempre das 8h às 20h. Para garantir a vaga, os pais ou responsáveis devem comparecer à instituição à qual os filhos foram previamente direcionados, munidos da documentação necessária.

Entre os documentos, original do Histórico Escolar ou Atestado de Escolaridade, firmado pela direção da unidade escolar (deve ser substituído pelo Histórico Escolar em até 30 dias); original e cópia da Carteira de Identidade (RG) ou Certidão de Registro Civil; original e cópia do CPF; original e cópia legível com data recente do comprovante de residência (água, luz, telefone fixo ou móvel, gás encanado, Internet, contrato de aluguel, IPTU, dentre outros); e o código do SETPS (que consta no Salvador Card) para as escolas do município de Salvador.

“Como membro da Comissão de Educação da Assembleia Legislativa da Bahia, alerto para que os estudantes e pais estejam atentos para esta fase de renovação da matrícula e não percam a vaga”, alertou o deputado estadual Eduardo Salles.

Confira as datas

16 – Transferência para os estudantes matriculados na rede estadual com frequência regular no ano letivo de 2017, aos quais se aplica uma das seguintes situações: a escola não oferece a série subsequente; não renovou sua matricula; e mudou de domicílio;

17 e 18 – Matrícula de concluintes das séries iniciais e finais do Ensino Fundamental para os estudantes regularmente matriculados nas redes públicas municipais, no ano letivo de 2017, cujas escolas não oferecem a série subsequente;

19 – Matrícula dos estudantes novos do Ensino Fundamental e suas modalidades (cursos de qualificação tecnológica; Jovens e Adultos – EJA; Inclusiva e Indígena);

22 e 23 – Matrícula dos estudantes do Ensino Médio e suas modalidades (Profissional e Tecnológica; Jovens e Adultos – EJA; Inclusiva e Indígena);

25, 26 e 29 – Confirmação de matrícula do público alvo da Educação Inclusiva que realizou a pré-matrícula em novembro de 2017.

 

 

Página 1 de 8712345...102030...Última »