Cotações
Ver todas

25 de maio de 2015

Júlio Cézar Busato recebe Título de Cidadão Baiano das mãos de Eduardo Salles

Gaúcho nascido no município de Casca, Júlio Cézar Busato agora é cidadão baiano após 27 anos vivendo no Estado. Ele chegou a Bahia em 1988, ao lado do pai, Hélio Busato, e arrendou uma fazenda de 880 hectares, no Oeste.

A trajetória de sucesso do engenheiro agrônomo ajudou na consolidação da região Oeste como um dos maiores polos agrícolas do Brasil. “Antes ninguém queria as terras da região”, lembrou Busato.

Ao lado da família, o homenageado criou o Grupo Fazenda Busato, que gera atualmente 1.000 empregos diretos. Júlio Cézar está no segundo mandato como presidente da AIBA (Associação dos Agricultores Irrigantes da Bahia).

O Título de Cidadão Baiano foi entregue nesta segunda-feira (25), em sessão especial na ALBA (Assembleia Legislativa da Bahia), pelo deputado Eduardo Salles. A homenagem, de autoria do ex-parlamentar Hebert Barbosa, foi aprovada em setembro de 2013.

“Essa homenagem é um reconhecimento a um dos agricultores que representam o sucesso da Bahia agropecuária”, justificou Eduardo Salles.

“Agora a responsabilidade de Júlio Busato aumenta na construção do desenvolvimento da Bahia”, alertou Hebert Barbosa.

Busato compartilhou a alegria com a família e todos os outros agricultores do Oeste. “Quando chegamos, até os operadores de máquina nós trouxemos do Rio Grande do Sul. Era uma época difícil”, explicou.

O ex-governador Nilo Coelho, o secretário estadual de Ciência e Tecnologia, Manoel Mendonça, o presidente da FAEB (Federação da Agricultura e Pecuária da Bahia), João Martins, o deputado federal Mário Júnior, o superintendente do SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural), Geraldo Machado, o presidente da ABRAPA (Associação Brasileira dos Produtores de Algodão), João Carlos Jacobsen, e o presidente da ABAPA (Associação Baiana dos Produtores de Algodão), Celestino Zanella, marcaram presença no evento.

Comentários