Cotações
Ver todas

16 de fevereiro de 2016

Governo estadual vai contratar empresa para resgatar corpo de idoso soterrado em Rio Real

img-20160128-wa0014

Encontrar alternativas para resgatar o corpo de “José Preá”, 77 anos, que caiu numa cisterna no último dia 20 de janeiro, foi a pauta da reunião desta segunda-feira (15) do deputado estadual Eduardo Salles com o presidente da CERB (Companhia de Engenharia Hídrica e Saneamento da Bahia), Marcus Bulhões. O acidente com o idoso ocorreu no distrito de Mucambo do Rio Azul, em Rio Real, quando a vítima foi soterrada após um desmoronamento.

No dia 28 de janeiro, Eduardo Salles solicitou ao superintendente de Proteção e Defesa Civil, Rodrigo Hita, o envio de um engenheiro a Rio Real. Luís Edmundo Prado, da UFBA (Universidade Federal da Bahia), foi destacado ao local para analisar qual é a melhor forma de resgatar o corpo sem colocar em risco a vida dos profissionais do Corpo de Bombeiros. “A vítima está a 25 metros de profundidade”, conta o parlamentar.

“O ex-prefeito Carroça pediu que eu tentasse de todas as formas solicitar auxílio ao governo para podermos resgatar o corpo e entregar à família. Já é muito difícil perder um parente e amigo, e não conseguir oferecer um enterro digno só aumenta a dor”, explicou o parlamentar.

Conforme a análise feita pelo engenheiro, foi observada fissuras horizontais, em diversas profundidades, indicando a movimentação vertical do revestimento da cisterna, houve desmoronamento parcial e o terreno está desagregado.

“A solução mais adequada e segura é da execução de um alargamento, usando escoramento metálico em segmentos, permitindo, assim, chegar ao local onde se encontra a vítima”, explicou Marcus Bulhões.

O deputado ouviu de Bulhões que o governo vai investir entre R$ 150 mil e R$ 200 mil para resgatar o corpo da vítima. “Independentemente do valor, é preciso resolver o problema. A CERB já está autorizada a contratar uma empresa para executar o serviço de resgate do corpo”, concluiu Eduardo Salles.

Comentários